Mitomicina-C como inibidor de sinéquias em meatos médios nas cirurgias sinusais: resultados preliminares

Mitomicina-C como inibidor de sinéquias em meatos médios nas cirurgias sinusais: resultados preliminares

Título alternativo The use of Mitomycin-C to reduce synechia in middle meatus in sinus surgery: preliminary results
Autor Yamaoka, Wellington Yugo Autor UNIFESP Google Scholar
Gregório, Luiz Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Synechia is the most frequent complication after sinus surgery and has been reported in up to 36% of cases. Several types of materials have been used to reduce the incidence of synechia, including Mitomycin C (MMC). OBJECTIVE: This prospective study aimed to assess the effectiveness of topical MMC in the prevention of synechia after sinus surgery in humans. METHODS: At the end of surgery, MMC solution (1.0 mg/ml) was topically applied randomly to one of the middle meatuses (MMC group) of 14 patients while saline solution was applied to the contralateral meatus (control group). The author remained blind to the medicated side. Synechiae were classified as partial or total. RESULTS: Three patients had middle meatus synechia in the MMC group (21.43%) versus nine (64.29%) in the control group (p = 0.054). In the MMC group, all three middle meatus synechia were partial, while in the control group there were four partial (28.57%) and five total (35.71%) cases of synechia (p = 0.025). CONCLUSIONS: Mitomycin C was not effective in preventing middle meatus synechia, but reduced the probability of total synechia formation.

As sinéquias constituem a complicação pós-operatória mais frequente das cirurgias endoscópicas sinusais, chegando a 36% dos casos. Na tentativa de diminuir esse índice, inúmeros materiais têm sido utilizados, dentre eles a Mitomicina-C (MMC). OBJETIVO: Avaliar a eficácia da MMC tópica na prevenção de sinéquias após cirurgias sinusais em humanos. MÉTODO: Ao final das cirurgias, colocava-se cotonoide com MMC (1,0 mg/ml) em um dos meatos médios (grupo MMC) e outro embebido em solução salina, no meato médio contralateral (grupo controle), por 5 minutos, de forma randomizada e com o avaliador cego em relação aos lados. As sinéquias foram classificadas em parciais, quando não fechavam totalmente os meatos médios, e totais, quando a oclusão era completa. Desenho: prospectivo. RESULTADOS: No grupo MMC, ocorreram três sinéquias (21,43%) versus nove (64,29%) no grupo controle (p = 0,054). No grupo MMC, todas as três (21,43%) foram parciais, enquanto no grupo controle houve quatro (28,57%) parciais e cinco (35,71%) totais (p = 0,025). CONCLUSÃO: A MMC não foi eficaz na prevenção sinéquias como um todo, porém, preveniu a formação de sinéquias totais.
Palavra-chave mitomycin
natural orifice endoscopic surgery
postoperative complications
cirurgia endoscópica por orifício natural
complicações pós-operatórias
mitomicina
Idioma Português
Data de publicação 2012-10-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 78, n. 5, p. 44-50, 2012.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 44-50
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1808-8694.20120007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000310714500007
SciELO S1808-86942012000500007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7369

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1808-86942012000500007-en.pdf
Tamanho: 490.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1808-86942012000500007-pt.pdf
Tamanho: 511.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta