Ocular rosacea: a review

Título alternativo Rosácea ocular: revisão
Autor Vieira, Ana Carolina Cabreira Autor UNIFESP Google Scholar
Hofling-Lima, Ana Luisa Autor UNIFESP Google Scholar
Mannis, Mark J Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
University of California Department of Ophthalmology
Resumo Rosacea is a prevalent chronic cutaneous disorder with variable presentation and severity. Although considered a skin disease, rosacea may evolve the eyes in 58-72% of the patients, causing eyelid and ocular surface inflammation. About one third of the patients develop potentially sight-threatening corneal involvement. Untreated rosacea may cause varying degrees of ocular morbidity. The importance of early diagnosis and adequate treatment cannot be overemphasized. There is not yet a diagnostic test for rosacea. The diagnosis of ocular rosacea relies on observation of clinical features, which can be challenging in up to 90% of patients in whom accompanying roseatic skin changes may be subtle or inexistent. In this review, we describe the pathophysiologic mechanisms proposed in the literature, clinical features, diagnosis and management of ocular rosacea, as well as discuss the need for a diagnostic test for the disease.

A rosácea é uma condição cutânea crônica, que possui apresentações clínicas variáveis. Apesar de considerada uma doença dermatológica, os olhos podem ser acometidos em 58-72% dos casos, causando inflamação palpebral e da superfície ocular. Aproximadamente um terço dos pacientes desenvolve acometimento corneano, podendo causar baixa visual significativa. Diagnóstico precoce e tratamento adequado são de extrema importância, devido à significativa morbidade ocular que a doença pode causar. Não há, até o momento, um teste diagnóstico para rosácea. O diagnóstico da rosácea ocular depende da observação das manifestações clínicas, o que pode ser bastante desafiador em até 90% dos pacientes, em que os achados cutâneos são discretos ou inexistentes. Nesta revisão, descrevemos os mecanismos fisiopatológicos propostos na literatura, manifestações clínicas, diagnóstico e tratamento da rosácea ocular, assim como abordamos a necessidade de um teste diagnóstico.
Assunto Rosacea
Eye manifestations
Eye diseases
Doxycycline
Visual acuity
Rosácea
Manifestações oculares
Oftalmopatias
Doxiciclina
Acuidade visual
Idioma Inglês
Data 2012-10-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 75, n. 5, p. 363-369, 2012.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 363-369
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492012000500016
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000315962800016
SciELO S0004-27492012000500016 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7366

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-27492012000500016.pdf
Tamanho: 645.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)