Síndrome de abstinência associada à interrupção da infusão de fentanil e midazolam em pediatria

Síndrome de abstinência associada à interrupção da infusão de fentanil e midazolam em pediatria

Título alternativo Withdrawal syndrome associated with cessation of fentanyl and midazolam in pediatrics
Autor Bicudo, J.n. Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, N. de Autor UNIFESP Google Scholar
Mângia, C.m.f. Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Werther Brunow de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To determine the incidence of abstinence syndrome in children interned in the Pediatric Intensive Care Unit (PICU) in fentanyl use and midazolam METHODS: Evaluation of 36 children interned in PICU of the Hospital São Paulo - Federal University of São Paulo, in the period from March to September 1997, with age varying from 5 days to 22 months (22 masc: 14 fem) who used fentanyl use and midazolam for more than 24 hours. Used the Escore Neonatal of Abstinence adapted by Finnegan determines the occurrence of abstinence syndrome in was used to children 2 years old or less. Sustain larger or equal for 8 is considered as abstinence syndrome. Correlated the abstinence syndrome with the accumulated total dose, infusion velocity, daily dose and time of use of the fentanyl and midazolam. RESULTS: Certain abstinence syndrome in 18 (50%) of the 36 children. Applied Mann Whitney's statistical test to compare the groups with and without abstinence syndrome. Dose accumulated of fentanyl total (5732.7 ± 5114.91 vs 624.2 ± 591.2 mcg, p < 0.005), dose daily of fentanyl (98.54 ± 6.12 vs 36.23 ± 23.42 mcg/Kg/dia, p < 0.005), velocity of infusion of the fentayl (4.09 ± 2.75 vs 1.5 ± 0.95 mcg/Kg/hora, p < 0.005), time of use of the fentanyl (10.2 ± 5.1 vs 3.16 ± 1.09 days, p < 0.005), dose accumulated of midazolam total (118.8 ± 86.97 vs 20.03 ± 14.79 mg, p < 0.005), dose daily of midazolam (2.32 ± 0.86 vs 1.21 ± 0.68 mg/Kg/dia, p < 0.005), velocity of midazolam infusion (0.13 ± 0.16 vs 0.05 ± 0.02 mg/Kg/hora, p < 0.005) and time of use of the midazolam (9.20 ± 4.67 vs 2.55 ± 1.54 days, p < 0.005) they were considered significant. CONCLUSION: The abstinence syndrome presents an elevated incidence in children interned in PICU owing to the interruption of the fentanyl infusion and midazolam and in these patients it was related with the dose and the time of use.

OBJETIVO: Determinar a ocorrência de síndrome de abstinência em crianças internadas em UCI Pediátrica em uso de fentanil e midazolam. MÉTODOS: Avaliadas 36 crianças internadas na UCI Pediátrica do Hospital São Paulo - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), no período de março a setembro de 1997, com idade variando de 5 dias a 22 meses (22 masc : 14 fem) que fizeram uso de fentanil e midazolam por mais de 24 horas. Utilizado o Escore Neonatal de Abstinência adaptado por Finnegan que determina a ocorrência de síndrome de abstinência em crianças menores de 2 anos. Escore maior ou igual a 8 é considerado como síndrome de abstinência. Correlacionados a síndrome de abstinência com a dose total acumulada, velocidade de infusão, dose diária e tempo de utilização do fentanil e do midazolam. RESULTADOS: Determinada síndrome de abstinência em 18 (50%) das 36 crianças. Aplicado o teste estatístico de Mann Whitney para comparar os grupos com e sem síndrome de abstinência. Dose total acumulada de fentanil (5732.7 ± 5114.91 vs. 624.2 ± 591.2mcg, p<0.005), dose diária de fentanil (98.54 ± 6.12 vs. 36.23 ± 23.42mcg/Kg/dia, p<0.005), velocidade de infusão do fentanil (4.09 ± 2.75 vs. 1.5 ± 0.95mcg/Kg/hora, p<0.005), tempo de utilização do fentanil (10.2 ± 5.1 vs. 3.16 ± 1.09 dias, p<0.005), dose total acumulada de midazolam (118.8 ± 86.97 vs. 20.03 ± 14.79mg, p<0.005), dose diária de midazolam (2.32 ± 0.86 vs. 1.21 ± 0.68mg/Kg/dia, p<0.005),velocidade de infusão de midazolam (0.13 ± 0.16 vs. 0.05 ± 0.02mg/Kg/hora, p<0.005) e tempo de utilização do midazolam (9.20 ± 4.67 vs. 2.55 ± 1.54 dias, p<0.005) foram considerados significantes. CONCLUSÕES: A síndrome de abstinência apresenta uma incidência elevada em crianças internadas em UCI Pediátrica devido a interrupção da infusão de fentanil e midazolam e nestes pacientes estava relacionada com a dose e com o tempo de utilização.
Palavra-chave Fentanyl
Midazolam
Infants
Withdrawal syndrome
Sedation
Analgesia
Fentanil
Midazolam
Síndrome de abstinência
Sedação
Analgesia
Idioma Português
Data de publicação 1999-03-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 45, n. 1, p. 15-18, 1999.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 15-18
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42301999000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42301999000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/736

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42301999000100004.pdf
Tamanho: 26.82KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta