Posturografia estática em dependentes de drogas ilícitas e álcool

Posturografia estática em dependentes de drogas ilícitas e álcool

Título alternativo Static posturography in addicted to illicit drugs and alcohol
Autor Moreira, Daniela Affonso Google Scholar
Ganança, Mauricio Malavasi Autor UNIFESP Google Scholar
Caovilla, Heloisa Helena Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The use of illicit drugs and alcohol can affect body balance. AIM: To evaluate balance control with static posturography in individuals addicted to illicit drugs, with or without alcohol abuse. Study design: Case-control, prospective. METHODS: 47 users of illicit drugs, with or without alcohol abuse, and a homogeneous control group consisting of 47 healthy individuals were submitted to a neurotological evaluation including Balance Rehabilitation Unit posturography. RESULTS: The stability threshold mean values were significantly lower (p < 0.0001) in users of illicit drugs, with or without alcohol abuse when compared to the control group; the mean values for sway velocity and ellipse area in all evaluated conditions were significantly higher (p <0.05) in the experimental group when compared to the control group, except for the ellipse area in static force surface and opened eyes (p = 0.168). CONCLUSION: The balance control of individuals addicted to illicit drugs with or without alcohol abuse could present stability threshold, sway velocity and ellipse area abnormalities in static posturography.

O uso de drogas ilícitas e álcool pode afetar o equilíbrio corporal. OBJETIVO: Avaliar o equilíbrio corporal à posturografia estática em dependentes de drogas ilícitas, com ou sem abuso de álcool. Desenho de Estudo: Caso controle prospectivo. MÉTODOS: Quarenta e sete usuários de drogas ilícitas, com ou sem abuso de álcool e um grupo controle homogêneo constituído de 47 indivíduos hígidos foram submetidos a uma avaliação otoneurológica, incluindo a posturografia do Balance Rehabilitation Unit. RESULTADOS: A média dos valores da área do limite de estabilidade foi significantemente menor (p < 0,0001) no grupo usuários de drogas ilícitas; a média dos valores da velocidade de oscilação e da área de elipse no grupo experimental foi significantemente maior (p < 0,05) do que a do grupo controle em todas as condições avaliadas, com exceção dos valores da área de elipse em superfície firme e olhos abertos (p = 0,168). CONCLUSÃO: O equilíbrio corporal de dependentes de drogas ilícitas, com ou sem abuso de álcool, pode apresentar anormalidades do limite de estabilidade, da velocidade de oscilação e da área de elipse à posturografia estática.
Palavra-chave alcoholism
crack
cocaine
dizziness
ethanol
postural balance
alcoolismo
cocaína
crack
equilíbrio postural
etanol
tontura
Idioma Português
Data de publicação 2012-10-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 78, n. 5, p. 97-103, 2012.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 97-103
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1808-8694.20120015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000310714500015
SciELO S1808-86942012000500015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7348

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1808-86942012000500015-en.pdf
Tamanho: 311.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1808-86942012000500015-pt.pdf
Tamanho: 323.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta