Surveillance of influenza A H1N1 2009 among school children during 2009 and 2010 in São Paulo, Brazil

Surveillance of influenza A H1N1 2009 among school children during 2009 and 2010 in São Paulo, Brazil

Título alternativo Vigilância de influenza A H1N1 2009 entre crianças em idade escolar durante os anos de 2009 e 2010 em São Paulo, Brasil
Autor Guatura, Sandra Baltazar Autor UNIFESP Google Scholar
Watanabe, Aripuanã Sakurada Aranha Autor UNIFESP Google Scholar
Camargo, Clarice Neves Autor UNIFESP Google Scholar
Passos, Ana Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Parmezan, Sheila Negrini Autor UNIFESP Google Scholar
Tomazella, Tatiane Karen Cabeça Autor UNIFESP Google Scholar
Carraro, Emerson Autor UNIFESP Google Scholar
Kamikawa, Janete Autor UNIFESP Google Scholar
Granato, Celso Francisco Hernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Bellei, Nancy Cristina Junqueira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: Influenza A H1N1 2009 is associated with a high morbidity rate among children around the world, including Brazil. This survey was conducted on samples of symptomatic children (< 12 years) to investigate the influenza virus as the etiological agent of respiratory infections in a day care school in a health facility during the first and second pandemic wave of H1N1 (2009-2010) in São Paulo, Brazil. METHODS: Influenza infections were determined by real-time PCR in 34% (47/137) of children with a median age of 5 years (8 months - 12 years), from June to October 2009 and in 16% (14/85) of those with median age of 6 years (1-12 years), from March to November 2010. RESULTS: In general, most positive cases (64%) occurred in children aged 5-12 years, this age group was significantly the most affected (39.8%, p = 0.001, OR = 8.3, CI 95% 1.9-36.9). Wheezing was reported by 31% (19/61) and dyspnea by 23% (14/61) of the studied patients. An outbreak of influenza H1N1 with an attack rate of 35.7% among children (median age 6 years) was documented in April 2010, before the vaccination campaign against the pandemic virus was extended for children up to 5 years in Brazil. CONCLUSIONS: Therefore, the study reinforces the recommendation to immunize school children to reduce the incidence of the disease.

INTRODUÇÃO: Influenza A H1N1 2009 está associado com uma alta taxa de morbidade entre crianças ao redor do mundo, incluindo o Brasil. Esta pesquisa foi realizada em amostras de crianças sintomáticas (< 12 anos) em uma creche escola para filhos de funcionários do hospital durante a primeira e segunda onda pandêmica (2009-2010) em São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Infecções pelo vírus influenza foram determinadas por PCR em tempo real em 34% (47/137) em crianças com idade mediana de 5 anos (8 meses -12 anos), entre junho e outubro de 2009 e em 16% (14/85) daquelas com mediana de idade de 6 anos (1-12 anos), de março a novembro de 2010. RESULTADOS: Em geral, a maioria dos casos positivos (64%) ocorreu em crianças com idade entre 5-12 anos, esta faixa etária foi significativamente a mais afetada (39,8%, p = 0,001, OR = 8,3, CI 95%: 1,9-36,9). Chiado foi relatado em 31% (19/61) e dispnéia em 23% (14/61) dos pacientes estudados. Um surto de gripe H1N1 com uma taxa de ataque de 35,7% entre as crianças (mediana de idade de 6 anos) foi documentado em abril de 2010, antes da extensão da campanha de vacinação contra o vírus pandêmico para crianças até 5 anos no Brasil. CONCLUSÕES: Portanto, neste estudo reforça a recomendação para imunizar crianças em idade escolar para reduzir a incidência da doença.
Palavra-chave Influenza H1N1
PCR-RFLP
Surveillance
Subtyping
Influenza H1N1
PCR-RFLP
Vigilância
Subtipagem
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-10-01
Publicado em GUATURA, Sandra Baltazar et al. Surveillance of influenza A H1N1 2009 among school children during 2009 and 2010 in São Paulo, Brazil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.5, pp.563-566
ISSN 0037-8682 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Extensão 563-566
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822012000500005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000311051500005
SciELO S0037-86822012000500005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7333

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0037-86822012000500005.pdf
Tamanho: 781.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta