Adaptação cultural cruzada e validação da versão do Índice Funcional de Espondilite Anquilosante de Bath (BASFI) para o português do Brasil

Adaptação cultural cruzada e validação da versão do Índice Funcional de Espondilite Anquilosante de Bath (BASFI) para o português do Brasil

Título alternativo Cross-cultural adaptation and validation of the Brazilian-Portuguese version of the Bath Ankylosing Spondylitis Functional Index (BASFI)
Autor Cusmanich, Karla Garcez Google Scholar
Kowalski, Sérgio Candido Autor UNIFESP Google Scholar
Gallinaro, Andréa Lopes Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenstein-Schainberg, Claudia Google Scholar
Souza, Lilian Avila Lima e Google Scholar
Gonçalves, Célio Roberto Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To conduct a cross-cultural adaptation of the Bath Ankylosing Spondylitis Functional Index (BASFI) into Brazilian-Portuguese language and to assess its measurement properties. METHODS: The BASFI was translated by four rheumatologists and three English teachers. The translated questionnaire was applied to ankylosing spondylitis patients by trained observers, and self-administered in three moments: days 1, 2, and 14. The validity was assessed analyzing the association of BASFI and functional capacity measures (cervical rotation, intermalleolar distance, Schober's test and occiput-to-wall distance). The internal consistence was tested by Cronbach's αcoefficient and the reliability by testretest (intraclass correlation coefficient - ICC). RESULTS: A total of 60 patients with ankylosing spondylitis was included: 85% male, mean age 47 ± 12 years, and mean disease duration 20 ± 11 years. The intra-observer test-retest (two-week interval) reliability showed a high ICC (0.999, 95% CI: 0.997-0.999) and a high internal consistency (Cronbach's α coefficient: 0.86, CI 95%: 0.80-0.90). Considering the validity, the BASFI indices were correlated with cervical rotation (0.53, P < 0.001) and with intermalleolar distance (0.50, P < 0.001). CONCLUSION: The BASFI Brazilian-Portuguese version is reliable and valid for assessment of patients with ankylosing spondylitis.

OBJETIVO: Conduzir uma adaptação cultural cruzada do Índice Funcional de Espondilite Anquilosante de Bath (BASFI, Bath Ankylosing Spondylitis Functional Index) para o português do Brasil e avaliar suas propriedades de medição. MéTODOS: O BASFI foi traduzido por quatro reumatologistas e três professores de língua inglesa. O questionário traduzido foi aplicado a pacientes com espondilite anquilosante por observadores treinados e autoaplicado em três momentos, dias 1, 2 e 14. A validade foi estimada analisando-se a associação do BASFI e as medidas de capacidade funcional (rotação cervical, distância intermaleolar, teste de Schober e distância occipito-parede). A consistência interna foi testada pelo coeficiente α de Cronbach, e a confiabilidade pelo teste-reteste (coeficiente de correlação intraclasse [CCI]). RESULTADOS: Foram incluídos 60 pacientes com espondilite anquilosante: 85% do gênero masculino, com idade média de 47 ± 12 anos e duração média da doença de 20 ± 11 anos. A confiabilidade intraobservador no teste-reteste (intervalo de duas semanas) revelou alto ICC (0,999; 95% IC: 0,997-0,999), além de alta consistência interna (coeficiente α de Cronbach: 0,86; 95% IC: 0,80-0,90). Considerando-se a validade, os índices do BASFI foram correlacionados com a rotação cervical (0,53; P < 0,001) e a distância intermaleolar (0,50; P < 0,001). CONCLUSÃO: A versão do BASFI para o português do Brasil é confiável e válida para avaliação de pacientes com espondilite anquilosante.
Palavra-chave ankylosing spondylitis
translation
questionnaires
BASFI
health status
fibromialgia
questionários
qualidade de vida
Idioma Português
Data de publicação 2012-10-01
Publicado em CUSMANICH, Karla Garcez et al . Adaptação cultural cruzada e validação da versão do Índice Funcional de Espondilite Anquilosante de Bath (BASFI) para o português do Brasil. Rev. Bras. Reumatol., São Paulo , v. 52, n. 5, p. 737-741, out. 2012
ISSN 0482-5004 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Reumatologia
Extensão 737-741
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0482-50042012000500008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000208840200008
SciELO S0482-50042012000500008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7325

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0482-50042012000500008.pdf
Tamanho: 656.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0482-50042012000500008-pt.pdf
Tamanho: 647.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta