Diálise Crônica no Brasil - Relatório do Censo Brasileiro de Diálise, 2011

Diálise Crônica no Brasil - Relatório do Censo Brasileiro de Diálise, 2011

Título alternativo Chronic Dialysis in Brazil - Report of the Brazilian Dialysis Census, 2011
Autor Sesso, Ricardo de Castro Cintra Autor UNIFESP Google Scholar
Lopes, Antonio Alberto Google Scholar
Thomé, Fernando Saldanha Google Scholar
Lugon, Jocemir Ronaldo Google Scholar
Watanabe, Yoshimi Google Scholar
Santos, Daniel Rinaldi dos Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal da Bahia Faculdade de Medicina da Bahia Departamento de Medicina
Universidade Federal do Rio Grande do Sul Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Interna
Universidade Federal Fluminense Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Interna
Hospital São João de Deus
Faculdade de Medicina do ABC Departamento de Medicina
Resumo INTRODUCTION: National data on maintenance dialysis are important for treatment planning. AIM: To describe the results of the dialysis census of the Brazilian Society of Nephrology for 2011 and observed trends from 2000 to 2011. METHODS: A survey was conducted using questionnaire filled online by the dialysis units, with July as reference month for estimates. From a total of 645 units, 353 (54.9%) responded to the survey. RESULTS: The estimated number of patients on dialysis in Brazil was 91,314 in 2011 (42,629 in 2010; 92,091 in 2011). For approximately 85% of the patients the treatment was provided by the Brazilian Unified Health Care System. The estimated prevalence and incidence rates in 2011 were 475 and 149 maintenance dialysis patients per million population, respectively. For prevalent patients, 90.6% were on hemodialysis, 31.5% 65 years of age or older, 28% diabetic and 35.5% (n=32,454) on waiting list for transplantation in 2011. The estimated number of patients starting dialysis in 2011 was 28,680 (18,972 in 2010) and annual mortality rate 19.9% (17.9% in 2010). CONCLUSIONS: The data indicate pronounced increase in the dialysis population across the years in Brazil with a trend for stabilization in the last two years. The reason for the increase in incidence and mortality in 2011 deserves investigation. A large number of patients were on waiting list for renal transplantation. By providing a picture of the situation and trends on maintenance dialysis treatment in Brazil the census is useful to guide resources allocation and interventions to improve treatment quality.

INTRODUÇÃO: Dados nacionais sobre diálise crônica são fundamentais para o planejamento do tratamento. OBJETIVO: Descrever resultados do censo de diálise da Sociedade Brasileira de Nefrologia referentes a 2011 e tendências observadas de 2000 a 2011. MÉTODOS: Levantamento utilizando questionário preenchido on-line pelas unidades de diálise do Brasil usando julho de 2011 como referência para estimativas. Do total de 643 unidades com programa dialítico crônico, 353 (54,9%) responderam. RESULTADOS: O número estimado de pacientes em diálise no Brasil em 2011 foi 91.314 (42.629 em 2000, 92.091 em 2010). Para aproximadamente 85% dos pacientes, o tratamento foi pago com recursos do SUS. As estimativas de prevalência e incidência para 2011 foram de 475 e 149 pacientes em diálise por milhão da população, respectivamente. Entre prevalentes, 90,6% estavam em hemodiálise, 31,5% tinham idade > 65 anos, 28% eram diabéticos, e 35,5% (n=32.454) estavam em fila de espera para transplante. Para 2011, o número estimado de pacientes iniciando diálise foi 28.680 (18.972 em 2010) e a taxa anual de mortalidade 19,9% (17,9% para 2010). CONCLUSÕES: Os dados indicam aumento pronunciado da população em diálise no Brasil ao longo dos anos, com tendência a estabilização nos dois últimos anos. As razões para aumento da incidência e mortalidade em 2011 merecem investigação. É grande o número estimado de pacientes em fila de espera para transplante renal. O censo fornece um quadro da situação e tendências da diálise no Brasil, sendo, portanto, útil para orientar alocação de recursos e intervenções que melhorarem a qualidade do tratamento.
Palavra-chave Brazil
censuses
dialysis
epidemiology
renal insufficiency, chronic
Brasil
censos
diálise
epidemiologia
insuficiência renal crônica
Idioma Português
Data de publicação 2012-09-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Nefrologia. Sociedade Brasileira de Nefrologia, v. 34, n. 3, p. 272-277, 2012.
ISSN 0101-2800 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Nefrologia
Extensão 272-277
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/0101-2800.20120009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-28002012000300009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7302

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-28002012000300009.pdf
Tamanho: 526.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta