Estresse oxidativo no plasma sanguíneo de indivíduos submetidos ao esforço físico agudo seguido de crioimersão corporal

Estresse oxidativo no plasma sanguíneo de indivíduos submetidos ao esforço físico agudo seguido de crioimersão corporal

Título alternativo Oxidative stress in blood plasma in persons who are submitted to cold water immersion after acute physical exercise
Autor Prado, Fernanda Peres Google Scholar
Paludetto, Deise Regina Barbosa Google Scholar
Bachur, Cynthia Antonia Kallas Google Scholar
Freitas, Roseli Aparecida Leite de Google Scholar
Zaia, José Eduardo Google Scholar
Barros Neto, Turibio Leite de Autor UNIFESP Google Scholar
Garcia, Sérgio Britto Google Scholar
Alves, Ana Carolina Araruna Google Scholar
Carvalho, Paulo Tarso Camilo de Google Scholar
Bachur, José Alexandre Google Scholar
Instituição UNIFRAN
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Nove de Julho (UNINOVE)
UNINOVE
Resumo The purpose of this study was to analyze the influence of cold water immersion (CWI) following acute physical exercise on the oxidative stress in the blood plasma. Twelve men with average age of 22±1 years old, participated this study. All of them underwent the treadmill stress test followed by CWI in tank with water at 10ºC for 10 minutes. During this process, they were monitored and a set of parameters were analyzed: physical effort perception (Borg Scale), Heart Rate (HR), Blood Pressure (BP) and body heat, by measuring tympanic temperature. The morphological analysis of oxidative stress in blood plasma was done in accordance with a method known as Optical Morphology of the Oxidative Stress on Blood Plasma, which uses drops of capillary blood. A significant increase (p<0.01) in the rate of oxidative stress in plasma was noted after intense physical effort when compared with the rate of stress while at rest. However, the stress rate was significantly decreased (p<0.001) after CWI. Although further scientific studies should be carried out on the above mentioned test, may be concluded that, in the present study, the test has proven itself viable. The data found in the present study suggest that cold water immersion at 10ºC for 10 minutes following high intensity physical effort appears to be an important physical therapeutic measure towards the normalization of oxidative stress.

O objetivo deste estudo foi analisar a influência da crioimersão corporal (CIC) imediata ao esforço físico agudo no estresse oxidativo (EOx) no plasma sanguíneo. Participaram do presente estudo 12 homens, com idade média de 22±1 anos, submetidos ao teste de esforço físico intenso em esteira, seguido de CIC em um tanque com água a 10ºC durante 10 minutos contínuos. Do repouso ao final da CIC, os indivíduos foram monitorados através de alguns parâmetros como: o índice de percepção subjetiva do esforço (IPE) expresso conforme escala de Borg, frequência cardíaca (FC), pressão arterial (PA) e temperatura corporal (TC) através da temperatura timpânica. A análise morfológica do EOx plasmático foi realizada de acordo com o método denominado Morfologia Óptica do Estresse Oxidativo no Plasma (MEOP), utilizando-se gotas de sangue capilar. Observou-se uma significativa elevação (p<0,01) no grau do estresse oxidativo plasmático após a realização do esforço físico, em relação ao respectivo grau em repouso. Porém, esta elevação no grau do EOx foi significativamente reduzida (p<0,001) em função da CIC. Embora sejam necessários mais estudos científicos com o MEOP, concluiu-se que, para o presente estudo, este teste mostrou-se viável. Os dados encontrados no presente estudo sugerem que a CIC em água a 10ºC por 10 minutos imediatos ao esforço físico agudo com intensidade alta, apresenta-se como uma importante conduta fisioterapêutica para a normalização do EOx pós-esforço.
Palavra-chave exercise
oxidative stress
free radicals
cryotherapy
immersion
exercício
estresse oxidativo
radicais livres
crioterapia
imersão
Idioma Português
Data de publicação 2012-09-01
Publicado em Fisioterapia e Pesquisa. Universidade de São Paulo, v. 19, n. 3, p. 215-221, 2012.
ISSN 1809-2950 (Sherpa/Romeo)
Publicador Universidade de São Paulo
Extensão 215-221
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1809-29502012000300005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1809-29502012000300005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7291

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1809-29502012000300005.pdf
Tamanho: 1.006MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta