Qualidade de vida de crianças com deficiência visual atendidas em Ambulatório de Estimulação Visual Precoce

Qualidade de vida de crianças com deficiência visual atendidas em Ambulatório de Estimulação Visual Precoce

Título alternativo Quality of life in visual impaired children treated for Early Visual Stimulation
Autor Messa, Alcione Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Nakanami, Célia Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Lopes, Marcia Caires Bestilleiro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To evaluate the quality of life in visually impaired children followed in the Early Visual Stimulation Ambulatory of UNIFESP in two moments, before and after rehabilitational intervention of multiprofessional team. METHODS: A CVFQ quality of life questionnaire was used. This instrument has a version for less than three years old children and another one for children older than three years (three to seven years) divided in six subscales: General health, General vision health, Competence, Personality, Family impact and Treatment. RESULTS: The correlation between the subscales on two moments was significant. There was a statistically significant difference in general vision health (p=0,029) and other important differences obtained in general health, family impact and quality of life general score. DISCUSSION: The questionnaire showed to be effective in order to measure the quality of life related to vision on families followed on this ambulatory. The multidisciplinary interventions provided visual function and familiar quality of life improvement. CONCLUSION: The quality of life related to vision in children followed in Early Visual Stimulation Ambulatory of UNIFESP showed a significant improvement on general vision health.

OBJETIVO: Analisar a qualidade de vida em crianças com deficiência visual atendidas em Ambulatório de Estimulação Visual Precoce da UNIFESP em duas situações, antes e após intervenções reabilitacionais pela equipe multiprofissional. MÉTODOS: Aplicou-se o questionário de qualidade de vida QFVI. O instrumento possui uma versão para crianças menores de três anos e outra para crianças maiores de três anos (três a sete anos) e é dividido em seis domínios: Saúde geral; Saúde geral da visão; Competência; Personalidade; Impacto familiar e Tratamento. RESULTADOS: A correlação entre as subescalas nos dois momentos mostrou-se significativa. Houve diferença estatisticamente significativa em saúde geral da visão (p=0,029) e outras diferenças importantes foram obtidas em saúde geral, impacto familiar e qualidade de vida geral. DISCUSSÃO: Este instrumento mostrou-se eficiente na aferição da qualidade de vida relacionada à visão nas famílias que frequentam esse ambulatório. As intervenções multidisciplinares promoveram melhora da visão funcional da criança e qualidade de vida da família como um todo. CONCLUSÃO: A qualidade de vida relacionada à visão de crianças atendidas no Ambulatório de Estimulação Visual Precoce da UNIFESP apresentou melhora significativa na saúde geral da visão.
Palavra-chave Quality of life
Vision, low
Rehabilitation services
Qualidade de vida
Baixa visão
Serviços de reabilitação
Idioma Português
Data de publicação 2012-08-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 75, n. 4, p. 239-242, 2012.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 239-242
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492012000400003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000312669300003
SciELO S0004-27492012000400003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7233

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492012000400003.pdf
Tamanho: 355.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta