Adaptação cultural e reprodutibilidade do questionário para problemas respiratórios em pacientes portadores de DPOC no Brasil

Adaptação cultural e reprodutibilidade do questionário para problemas respiratórios em pacientes portadores de DPOC no Brasil

Título alternativo Cultural adaptation and reproducibility of the breathing problems questionnaire for use in patients with COPD in Brazil
Autor Silva, Patrícia Nobre Calheiros da Google Scholar
Jardim, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, George Márcio da Costa e Autor UNIFESP Google Scholar
Hyland, Michael E Google Scholar
Nascimento, Oliver Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Centro de Estudos Superiores de Maceió
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Associação de Assistência à Criança Deficiente
Universidade Estadual de Ciência da Saúde de Alagoas Núcleo de Propedêutica e Terapêutica
Universidade de Plymouth Departamento de Psicologia
Resumo OBJECTIVE: To translate the Breathing Problems Questionnaire (BPQ) into Portuguese and adapt it to the Brazilian culture, as well as to evaluate its reproducibility in patients with COPD. METHODS: After the BPQ had been translated and adapted to the Brazilian culture, it was administered to a subgroup of 8 patients in order to identify their uncertainties and difficulties. The questionnaire was reviewed by an expert committee, and its final version was arrived at. A second translator back-translated the final version into English, which was sent to the original author in order to verify that the original meaning of the questionnaire had been maintained. After the approval of the original author, the final Portuguese-language version of the questionnaire was administered to 50 patients with COPD, in order to evaluate its reproducibility. RESULTS: The mean response time was 9.5 min. Of the 50 patients, 21 were female and 29 were male. The mean age was 65.8 ± 7.5 years. Most of the patients were classified as having moderate COPD (29.16%) or severe COPD (52%). The intraclass correlation coefficient (ICC) for the total score was 0.94. The ICCs for the eleven BPQ domains and its two subscales were also above 0.70. Moderate correlations were found between the BPQ domains and subscales. CONCLUSIONS: The translation and cultural adaptation of the BPQ for use in Brazil was deemed appropriate, because the patients could easily understand and answer the questions. In addition, the Brazilian version of the BPQ questionnaire was found to be reliable, showing good reproducibility.

OBJETIVO: Traduzir para o português e adaptar para a cultura brasileira o Breathing Problems Questionnaire (BPQ, questionário para problemas respiratórios), assim como avaliar a sua reprodutibilidade em pacientes com DPOC. MÉTODOS: Após a tradução e a adaptação do BPQ para a cultura brasileira por um tradutor, a primeira versão foi aplicada em oito pacientes visando conhecer suas dúvidas e dificuldades. O questionário foi analisado por uma comissão de especialistas e sua versão final foi definida. Foi realizada a retrotradução por um segundo tradutor, que foi enviada para o autor original com intuito de assegurar o sentido original do questionário. Após a aprovação final do autor, 50 pacientes portadores de DPOC responderam o BPQ para avaliar sua reprodutibilidade. RESULTADOS: O tempo médio de resposta foi 9,5 min. Dos 50 pacientes, 21 eram do sexo feminino e 29 do sexo masculino, com média de idade de 65,8 ± 7,5 anos. A maioria foi classificada com DPOC moderada (29,16%) e grave (52%). O coeficiente de correlação intraclasse (CCI) para o escore total foi de 0,94. Os onze domínios do BPQ e as suas duas subescalas também tiveram valores de CCI acima de 0,70. Houve correlações moderadas entre os domínios e as subescalas do BPQ. CONCLUSÕES: A tradução e adaptação do BPQ para uso no Brasil foi adequada, pois os pacientes não apresentaram dificuldades para entendê-lo e respondê-lo. Além disso, o BPQ mostrou-se confiável por apresentar boa reprodutibilidade.
Assunto Pulmonary disease, chronic obstructive
Quality of life
Reproducibility of results
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Qualidade de vida
Reprodutibilidade dos testes
Idioma Português
Data 2012-06-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Pneumologia. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, v. 38, n. 3, p. 339-345, 2012.
ISSN 1806-3713 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Extensão 339-345
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1806-37132012000300009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000306163500009
SciELO S1806-37132012000300009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7179

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1806-37132012000300009-en.pdf
Tamanho: 246.9Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: S1806-37132012000300009-pt.pdf
Tamanho: 505.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)