Síndrome de amplificação dolorosa no idoso: relato de caso e revisão da literatura

Síndrome de amplificação dolorosa no idoso: relato de caso e revisão da literatura

Título alternativo Pain amplification syndrome in the elderly: case report and literature review
Autor Santos, Fânia Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, Polianna Mara Rodrigues De Google Scholar
Castro, Luiz Antonio Homem De Mello Autor UNIFESP Google Scholar
Thé, Karol Bezerra Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor Comitê de Dor no Idoso
Resumo BACKGROUND AND OBJECTIVES: There are very few publications on pain amplification syndrome in the elderly (PAS), in spite of its importance for them, because it may have multiple consequences during aging. This study aimed at reporting a case of PAS in the elderly represented by fibromyalgia (FM), describing its diagnostic approach and therapeutic management, and at presenting a literature review on the subject. CASE REPORT: Female patient, 73 years old, with moderate diffuse muscle pain, fleeting morning stiffness, anhedonia, sadness, anxiety, major fatigue and sleep disorders for four years. She was initially diagnosed as rheumatic polymyalgia and was under regular prednisone in spite of the progressive worsening of her functional capacity and quality of life (QL). One year ago her diagnosis was reviewed by our service and we confirmed it was PAS, spectrum of FM. Prednisone was then withdrawn and non-pharmacological therapy was indicated with pain self-management program; multi-176 modal pharmacological therapy was also instituted with non-opioid (lysine clonixinate) and opioid (tramadol) analgesics and a pain modulator (duloxetine). Six months later there has been major pain, sleep, depression, anxiety, functional capacity and QL improvement. CONCLUSION: Accurate diagnosis and adequate therapeutic intervention are paramount for PAS cases, especially in the elderly population with FM, which has unique characteristics in such population. There are major probabilities of symptomatic, functional and QL improvement in the elderly with PAS if we pay attention to differential diagnoses and introduce adequate therapies.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Pouquíssimas são as publicações sobre a síndrome de amplificação dolorosa no idoso (SAD), a despeito da sua importância para aqueles indivíduos, pois pode ter múltiplas consequências no envelhecimento. O objetivo deste estudo foi relatar um caso de SAD no idoso; representada pela fibromialgia (FM), descrevendo sua abordagem diagnóstica e seu manuseio terapêutico, bem como apresentar uma revisão bibliográfica do assunto. RELATO DO CASO: Paciente do gênero feminino, 73 anos, há 4 anos iniciando um quadro de moderada dor muscular difusa, rigidez matinal fugaz, anedonia, tristeza, ansiedade, importante fadiga e distúrbio do sono. Inicialmente, diagnosticada polimialgia reumática, assim, vinha fazendo uso regular de prednisona, apesar de progressiva piora da sua capacidade funcional e qualidade de vida (QV). Há um ano, no nosso serviço, foi revisto o diagnóstico, e verificado tratar-se de SAD, espectro da FM. Suspendeu-se, então, a prednisona e orientado terapia não farmacológica com programa de autogerenciamento em dor, e farmacológica multimodal com analgésicos não opioide o clonixinato de lisina e opioide o tramadol, e um modulador da dor, a duloxetina. Após 6 meses de tratamento verificou-se grande melhora na dor, sono, depressão, ansiedade, capacidade funcional e QV. CONCLUSÃO: É de suma importância o diagnóstico correto e uma intervenção terapêutica adequada nos casos de SAD, especialmente tratando-se da população idosa e da FM, a qual apresenta características peculiares naquela população. Há grandes probabilidades de melhora sintomática, funcional, e na QV dos idosos com SAD ao se atentar aos diagnósticos diferenciais, bem como ao se introduzir terapêuticas adequadas.
Palavra-chave Differential diagnoses
Elderly
Fibromyalgia
Pain amplification syndrome
Diagnósticos diferenciais
Fibromialgia
Idoso
Síndrome de amplificação dolorosa
Idioma Português
Data de publicação 2012-06-01
Publicado em Revista Dor. Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor, v. 13, n. 2, p. 175-182, 2012.
ISSN 1806-0013 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor
Extensão 175-182
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1806-00132012000200015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1806-00132012000200015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7171

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1806-00132012000200015.pdf
Tamanho: 900.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta