Posturografia do Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) na vertigem posicional paroxística benigna

Posturografia do Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) na vertigem posicional paroxística benigna

Título alternativo Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) posturography in benign paroxysmal positional vertigo
Autor Monteiro, Silvia Roberta Gesteira Google Scholar
Ganança, Mauricio Malavasi Autor UNIFESP Google Scholar
Ganança, Fernando Freitas Autor UNIFESP Google Scholar
Ganança, Cristina Freitas Autor UNIFESP Google Scholar
Caovilla, Heloisa Helena Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Posturography has been used in the evaluation of patients with vestibular disorders. AIM: To evaluate balance control with the Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) posturography in patients with Benign Paroxysmal Positional Vertigo. Study design: Prospective case-control. MATERIALS AND METHODS: A cross-sectional controlled study was carried out in 45 patients with BPPV, and a homogeneous control group consisting of 45 healthy individuals. Patients were submitted to a balance function evaluation by means of the Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) posturography. RESULTS: The mean values of the ellipse area and the sway velocity in a firm surface and saccadic stimulation (p = 0.060). CONCLUSION: The Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) posturography enables to identify postural control abnormalities in patients with BPPV.

A posturografia tem sido utilizada na avaliação de pacientes com vestibulopatias. OBJETIVO: Avaliar o equilíbrio corporal à posturografia do Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) em pacientes com vertigem posicional paroxística benigna (VPPB). Desenho de Estudo: Caso controle prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Estudo transversal controlado em 45 pacientes com VPPB e por um grupo controle homogêneo constituído de 45 indivíduos hígidos. Os pacientes foram submetidos à avaliação otoneurológica, incluindo a posturografia do Balance Rehabilitation Unit (BRU TM). RESULTADOS: A média dos valores da área de elipse e da velocidade de oscilação no grupo experimental foi significantemente maior (p < 0,05) do que a do grupo controle em todas as condições avaliadas, com exceção da velocidade de oscilação em superfície firme e estimulação sacádica (p = 0,060). CONCLUSÃO: A posturografia do Balance Rehabilitation Unit (BRU TM) possibilita a identificação de anormalidades do controle postural em pacientes com vertigem posicional paroxística benigna.
Palavra-chave ear
inner
postural balance
vertigo
vestibular function tests
equilíbrio postural
orelha interna
testes de função vestibular
vertigem
Idioma Português
Data de publicação 2012-06-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 78, n. 3, p. 98-104, 2012.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 98-104
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1808-86942012000300017
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000305549100017
SciELO S1808-86942012000300017 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7151

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1808-86942012000300017-en.pdf
Tamanho: 267.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1808-86942012000300017-pt.pdf
Tamanho: 298.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta