Brazilian guidelines for the application of transcranial ultrasound as a diagnostic test for the confirmation of brain death

Brazilian guidelines for the application of transcranial ultrasound as a diagnostic test for the confirmation of brain death

Título alternativo Diretrizes brasileiras para o uso do ultrassom transcraniano como teste diagnóstico de confirmação de morte cerebral
Autor Lange, Marcos C. Google Scholar
Zétola, Viviane H. F. Google Scholar
Miranda-Alves, Maramélia Autor UNIFESP Google Scholar
Moro, Carla H. C. Google Scholar
Silvado, Carlos E. Google Scholar
Rodrigues, Daniela L. G. Autor UNIFESP Google Scholar
Gregorio, Edilene Guiotti Di Google Scholar
Silva, Gisele Sampaio Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira-Filho, Jamary Google Scholar
Perdatella, Marco T. A. Google Scholar
Pontes-Neto, Octávio M. Google Scholar
Fábio, Soraia R. C. Google Scholar
Avelar, Wagner M. Google Scholar
Freitas, Gabriel R. de Google Scholar
Instituição Universidade Federal do Paraná Hospital de Clínicas
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade da Região de Joinville Hospital Municipal São José
Universidade Federal da Bahia
Secretaria Estadual de Saúde Hospital Geral de Goiânia
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino (IDOR)
Resumo Neurosonological studies, specifically transcranial Doppler (TCD) and transcranial color-coded duplex (TCCD), have high level of specificity and sensitivity and they are used as complementary tests for the diagnosis of brain death (BD). A group of experts, from the Neurosonology Department of the Brazilian Academy of Neurology, created a task force to determine the criteria for the following aspects of diagnosing BD in Brazil: the reliability of TCD methodology; the reliability of TCCD methodology; neurosonology training and skills; the diagnosis of encephalic circulatory arrest; and exam documentation for BD. The results of this meeting are presented in the current paper.

Estudos neurossonológicos, especialmente o Doppler transcraniano (DTC) e o duplex transcraniano codificado a cores (DTCC), apresentam elevados níveis de especificidade e sensibilidade quando utilizados como exames complementares no diagnóstico de morte encefálica (ME). Um grupo de peritos do Departamento Científico de Doppler transcraniano da Academia Brasileira de Neurologia criou uma força-tarefa de forma a determinar os critérios neurossonológicos para os seguintes aspectos no diagnóstico de ME no Brasil: metodologia do DTC; metodologia do DTCC; treinamento e habilidades em Neurossonologia; diagnóstico de parada circulatória encefálica e documentação do exame para a ME. Os resultados deste encontro foram apresentados neste artigo.
Palavra-chave transcranial Doppler
encephalic circulatory arrest
brain death
Doppler transcraniano
parada circulatória encefálica
morte encefálica
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-05-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 70, n. 5, p. 373-380, 2012.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 373-380
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2012000500012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000304362100012
SciELO S0004-282X2012000500012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7093

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X2012000500012.pdf
Tamanho: 692.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta