Neuropsychological performance in patients with subcortical stroke

Neuropsychological performance in patients with subcortical stroke

Título alternativo Perfil neuropsicológico em pacientes com lesões vasculares subcorticais
Autor Andrade, Silviane Pinheiro Campos de Autor UNIFESP Google Scholar
Brucki, Sônia Maria Dozzi Google Scholar
Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Siqueira Neto, José Ibiapina Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Vascular cognitive impairment (VCI) is characterized by cognitive compromise predominantly of executive dysfunction. OBJECTIVES: To assess cognitive functions in VCI, focusing on executive functions, to observe functional losses in relation to activities of daily living (ADLs) and to detect early symptoms prior to the onset of dementia. METHODS: We evaluated healthy subjects matched for gender, education and age to patients with diagnosis of subcortical vascular disease who had a stroke classified into three groups: 1) vascular lesions and no impairment; 2) vascular cognitive impairment with no dementia (VCIND); 3) vascular dementia (VaD). RESULTS AND DISCUSSION: The performance on neuropsychological tests differed among groups, worsening with increased impairment level. The probable VaD group demonstrated impaired performance in memory, processing speed and verbal production, while the VCIND group showed attention deficits. CONCLUSION: Impairment in executive functions and difficulties in ADLs allow us to differentiate levels of impairment in groups of subcortical vascular disease.

O comprometimento cognitivo vascular (CCV) é caracterizado por comprometimento cognitivo predominantemente sob a forma de disfunção executiva. OBJETIVOS: Avaliar as funções cognitivas no CCV, enfocando as funções executivas, observar as perdas funcionais em relação às atividades cotidianas (AVDs) e detectar os primeiros sintomas antes do início da demência. MÉTODOS: Foram avaliados indivíduos controles saudáveis pareados por sexo, escolaridade e idade com pacientes com diagnóstico de doença vascular subcortical que sofreram derrame classificados em três grupos: 1) lesões vasculares sem déficit; 2) comprometimento cognitivo vascular sem demência (CCVSD); 3) demência vascular (DV). RESULTADOS E DISCUSSÃO: O desempenho em testes neuropsicológicos diferiu entre os grupos, sendo o desempenho tanto pior quanto maior o comprometimento. O grupo DV provável demonstrou desempenho prejudicado na memória, velocidade de processamento e produção verbal, enquanto o grupo CCVSD apresentou déficit de atenção. CONCLUSÃO: Prejuízos nas funções executivas e dificuldades em AVDs permitem diferenciar os níveis de comprometimento nos grupos de doença vascular subcortical.
Palavra-chave cognitive impairment
vascular dementia
neuropsychological assessment
activities of daily living
comprometimento cognitivo
demência vascular
avaliação neuropsicológica
atividades cotidianas
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-05-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 70, n. 5, p. 341-347, 2012.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 341-347
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2012005000012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000304362100007
SciELO S0004-282X2012000500007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7084

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X2012000500007.pdf
Tamanho: 186.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta