Impression cytologic analysis after corneal cross-linking and insertion of corneal ring segments for keratoconus: two-year results

Impression cytologic analysis after corneal cross-linking and insertion of corneal ring segments for keratoconus: two-year results

Título alternativo Citologia de impressão após cross-linking corneano e inserção dos segmentos de anéis corneanos para ceratocone: dois anos de seguimento
Autor Renesto, Adimara da Candelaria Autor UNIFESP Google Scholar
Barros, Jeison de Nadai Autor UNIFESP Google Scholar
Campos, Mauro Silveira de Queiroz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To report the impression cytologic results after corneal cross-linking and insertion of intrastromal corneal ring segments for keratoconus. METHODS: Thirty-nine eyes were distributed into two groups: 1) cross-linking group (patients underwent corneal cross-linking procedure), and 2) riboflavin eyedrops group (patients received 0.1% riboflavin (w/v) eyedrops in 20% dextran solution for 1 month). After 3 months, all patients underwent insertion of intrastromal corneal ring segments. Impression cytologic specimens were obtained from all eyes at baseline, at 1 month and 3 months after cross-linking or riboflavin eyedrops, and again at 6 months, 1 year, and 2 years after intrastromal corneal ring segment insertion. RESULTS: Patients in the cross-linking group demonstrated improvement in the cell-to-cell contact of epithelial cells and the nucleus-to-cytoplasm ratio on the temporal conjunctiva after treatment (P=0.008 and P=0.047), respectively. On the superior conjunctiva, increases in goblet cell density (P=0.037) and level of organization of nuclear chromatin (P=0.010) after treatment were noted. Patients in the riboflavin eyedrops group demonstrated improvement in the cell-to-cell contact of epithelial cells on the superior conjunctiva after treatment (P=0.021). On the temporal conjunctiva, an improvement in the cell-to-cell contact of epithelial cells (P<0.001) and increases in the nucleus-to-cytoplasm ratio (P<0.001), goblet cell density (P=0.001), and less keratinization (P=0.011) were noted. No changes were identified on the cornea for either group. Fisher's exact test comparison of the impression cytologic total scores after treatment revealed no difference between groups. CONCLUSION: Despite changes in some conjunctival parameters (e.g., cell-to-cell contact of epithelial cells, nucleus-to-cytoplasm ratio, level of organization of nuclear chromatin, goblet cell density, and keratinization), comparison of the total impression cytologic scores revealed no difference between groups.

OBJETIVO: Relatar os resultados de citologia de impressão após o cross-linking da córnea e inserção dos segmentos de anéis corneanos intraestromais para ceratocone. MÉTODOS: Trinta e nove olhos foram distribuídos em dois grupos: pacientes no grupo cross-linking foram submetidos ao procedimento do cross-linking corneano e pacientes no grupo colírio de riboflavina receberam o colírio de riboflavina 0,1% (w/v) -20% dextran para uso tópico por um mês. Após três meses, todos os pacientes foram submetidos à inserção dos segmentos de anéis corneanos intraestromais. Citologia de impressão foi realizada em todos os olhos no pré-operatório, um mês e três meses após o cross-linking ou colírio de riboflavina, e novamente com seis meses, um ano e dois anos após a inserção dos segmentos de anéis. RESULTADOS: Pacientes do grupo cross-linking apresentaram melhora na adesividade das células epiteliais e proporção núcleo: citoplasma na conjuntiva temporal após o tratamento (P=0,008 e P=0,047), respectivamente. Na conjuntiva superior, houve um aumento na densidade das células caliciformes (P=0,037) e nível de organização da cromatina nuclear (P=0,010) após o tratamento. Pacientes do grupo colírio de riboflavina apresentaram melhora na adesividade das células epiteliais na conjuntiva superior após o tratamento (P=0,021). Na conjuntiva temporal, houve melhora na adesividade das células epiteliais (P<0,001), aumento na proporção núcleo: citoplasma (P<0,001), células caliciformes (P=0,001) e menor queratinização (P=0,011). Ambos os grupos não apresentaram alterações corneanas. O Teste exato de Fisher para comparação de citologia de impressão no escore total após o tratamento não revelou diferença entre os grupos. CONCLUSÃO: Apesar de mudanças em alguns parâmetros conjuntivais (adesividade das células epiteliais, proporção núcleo:citoplasma, nível de organização da cromatina nuclear, células caliciformes e queratinização), a comparação do escore total na citologia de impressão não apresentou diferença entre os grupos.
Palavra-chave Cytological techniques
Cornea
Riboflavin
Keratoconus
Corneal surgery, laser
Corneal stroma
Técnicas citológicas
Córnea
Riboflavina
Ceratocone
Cirurgia da córnea a laser
Substância própria
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-04-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 75, n. 2, p. 101-106, 2012.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 101-106
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492012000200006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000310841600006
SciELO S0004-27492012000200006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7071

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492012000200006.pdf
Tamanho: 705.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta