Potencial hidrogeniônico de soluções de antibióticos submetidas a condições ambientais: ensaio preliminar

Potencial hidrogeniônico de soluções de antibióticos submetidas a condições ambientais: ensaio preliminar

Título alternativo Hydrogen potential of antibiotic solutions subjected to environmental conditions: a preliminary trial
Potencial de hidrógeno de soluciones de antibióticos sometidas a condiciones ambientales: ensayo preliminar
Autor Monteiro, Cíntia Autor UNIFESP Google Scholar
Crepaldi, Renata Maria Coelho Autor UNIFESP Google Scholar
Avelar, Ariane Ferreira Machado Autor UNIFESP Google Scholar
Peterlini, Maria Angélica Sorgini Autor UNIFESP Google Scholar
Pedreira, Mavilde da Luz Gonçalves Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This experimental study was performed to assess the hydrogen potential (pH) of the antimicrobials ceftriaxone sodium, vancomycin hydrochloride, metronidazole, penicillin G potassium, and amikacin sulphate, following reconstitution, diluted with NaCl 0.9% (SF) and glucose solution 5% (GS), at eight different time intervals and under the normal daily conditions of lighting and temperature within the hospital unit (no air conditioning). The objective of this study was to verify the changes in the acid-base behavior of the solutions, which indicate chemical instability and can be associated with complications during intravenous therapy. Of the 186 analyzed pH values, there were no variations greater than 1.0 and no physical alterations visible to the naked eye. All solutions had a pH less than 7, and there were no significant differences for clinical practice regarding the diluent. The mean pH values after dilution with SF and GS for vancomycin hydrochloride, metronidazole, and amikacin sulphate are a risk factor for the development of intravenous complications due to their extreme acidity.

Estudio experimental de contraste del potencial de hidrógeno (pH) de antimicrobianos ceftriaxona sódica, clorhidrato de vancomicina, metronidazol, penicilina G potásica y sulfato de amikacina, luego de reconstitución, dilución con NaCl 0,9% (SF) y suero glucosado 5% (SG), en ocho momentos distintos, bajo condiciones normales de luminosidad y temperatura de unidad hospitalaria no climatizada. Objetivó verificar alteraciones del comportamiento ácido-básico de las soluciones, indicativas de inestabilidades químicas o relacionadas a complicaciones de terapia intravenosa. En 186 pH analizados, no se identificaron variaciones mayores a 1,0 valor, ni alteraciones físicas a simple vista. Todas las soluciones tuvieron pH menor a 7, no hubo diferencia considerable para la práctica clínica según el diluyente. Los promedios de valor de pH luego de dilución en SF y SG para clorhidrato de vancomicina, metronidazol y sulfato de amikacina constituyen factor de riesgo para desarrollo de complicaciones intravenosas debido a su extrema acidez.

Estudo experimental para aferição do potencial hidrogeniônico (pH) dos antimicrobianos ceftriaxona sódica, cloridrato de vancomicina, metronidazol, penicilina G potássica e sulfato de amicacina, após reconstituição, diluição com NaCl 0,9% (SF) e soro glicosado 5% (SG), em oito momentos distintos e sob condições cotidianas de luminosidade e temperatura ambiente de unidade hospitalar não climatizada. O objetivo deste estudo foi verificar alterações no comportamento ácido-básico das soluções, indicativas de instabilidade química ou relacionadas a complicações da terapia intravenosa. Nos 186 valores de pH analisados, não foram identificadas variações maiores que 1,0 valor nem alterações físicas visíveis a olho nu. Todas as soluções tiveram pH menor que 7 e não houve diferença considerável para a prática clínica segundo o diluente. As médias dos valores de pH após a diluição em SF e SG, do cloridrato de vancomicina, metronidazol e sulfato de amicacina constituem fator de risco para o desenvolvimento de complicações intravenosas devido a sua extrema acidez.
Palavra-chave Hidrogen-Ion concentration
Drug stability
Infusions
intravenous
Medication errors
Pediatric nursing
Concentração de Íons de Hidrogênio
Estabilidade de medicamentos
Infusões intravenosas
Erros de medicação
Enfermagem pediátrica
Idioma Português
Data de publicação 2012-04-01
Publicado em MONTEIRO, Cintia et al. Potencial hidrogeniônico de soluções de antibióticos submetidas a condições ambientais: ensaio preliminar. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.2, pp.311-319.
ISSN 0080-6234 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Extensão 311-319
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000200007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000303939300007
SciELO S0080-62342012000200007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7062

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0080-62342012000200007.pdf
Tamanho: 1.858MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta