Mensuração e caracterização da dor após episiotomia e sua relação com a limitação de atividades

Mensuração e caracterização da dor após episiotomia e sua relação com a limitação de atividades

Título alternativo Measurement and characteristics of pain after episiotomy and its relationship with the activity limitations
Medición y características del dolor después de la episiotomía y su relación con la limitación de actividades
Autor Beleza, Ana Carolina Sartorato Autor UNIFESP Google Scholar
Ferreira, Cristine Homsi Jorge Google Scholar
Sousa, Ligia De Google Scholar
Nakano, Ana Márcia Spanó Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo This is a descriptive study, involving fifty women after vaginal delivery with episiotomy. The study aimed to measure and to characterize the perineal pain in primiparae who have had a natural childbirth with episiotomy and to verify the activities limited by the perineal pain. For evaluation of perineal pain, a Numeric Scale and the McGill Pain Questionnaire were used, as well as another questionnaire to analyze the activities limited. In the Numeric Scale, the median of perineal pain referred were five. The sensory and subjective evaluation categories were the most selected in the McGill questionnaire. The perineal pain was characterized as pulsing, pulling, hot, stinging, hurting, annoying, troublesome, tight and tense. The most limited activities were sitting, laying down (onto the bed), and walking. In conclusion, it was possible to verify the presence of perineal pain between women in the postpartum period caused by episiotomy and identify the activities of sitting, lying down and walking were limited for this symptom.

Se realizo un estudio descriptivo de cincuenta mujeres después del parto vaginal con episiotomía. Objetivó-se medir y caracterizar el dolor perineal en primíparas sometidas al parto normal con episiotomía y verificar las actividades limitadas por el dolor perineal. Para la evaluación del dolor se utilizo la Escala Numérica, el Cuestionario de del Dolor de McGill y un cuestionario para analizar las actividades limitadas. En la Escala Numérica, la media de dolor fue cinco. Las categorías de evaluación sensorial y subjetiva fueron los más seleccionados en el cuestionario McGill. La dolor perineal se caracterizó como palpitante, de esfuerzo, que se calienta, quema, duele, aburrido, incómodo, y deja que mantiene estrechos. Sentado, tumbado y caminar son las actividades más limitados. Finalización: fue posible verificar la presencia de dolor perineal entre primíparas causada por la episiotomia e identificar las actividades de sentado, acostado y caminando se vieron limitados por en este síntoma.

Trata-se de um estudo descritivo realizado com cinquenta mulheres em pós-parto vaginal com episiotomia. Objetivou-se mensurar e caracterizar a dor perineal em primíparas submetidas ao parto normal com episiotomia e verificar as atividades limitadas pela dor. Para avaliação da dor foi utilizada a Escala Numérica e o Questionário McGill, bem como um formulário para analisar as atividades que estavam limitadas. A média de dor perineal encontrada foi cinco. As categorias sensorial e avaliação subjetiva foram as mais selecionadas no Questionário McGill. A dor perineal foi caracterizada como latejante, que repuxa, que esquenta, ardida, dolorida, chata, incômoda, que prende e que deixa tensa. Sentar, deitar e deambular foram as atividades mais limitadas. Em conclusão, foi possível verificar a presença de dor perineal nas puérperas causada pela episiotomia e identificar que as atividades de sentar, deitar e deambular estavam limitadas por este sintoma.
Palavra-chave Pain
Postpartum period
Episiotomy
Women's health
Dor
Período pós-parto
Episiotomia
Saúde da mulher
Idioma Português
Data de publicação 2012-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 65, n. 2, p. 264-268, 2012.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 264-268
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672012000200010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672012000200010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7036

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-71672012000200010.pdf
Tamanho: 122.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta