Lesão do ligamento cruzado anterior: tratamento e reabilitação. Perspectivas e tendências atuais

Lesão do ligamento cruzado anterior: tratamento e reabilitação. Perspectivas e tendências atuais

Título alternativo Anterior cruciate ligament injury: treatment and rehabilitation. Current perspectives and trends
Autor Arliani, Gustavo Gonçalves Autor UNIFESP Google Scholar
Astur, Diego Da Costa Autor UNIFESP Google Scholar
Kanas, Michel Autor UNIFESP Google Scholar
Kaleka, Camila Cohen Google Scholar
Cohen, Moises Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa de São Paulo Faculdade de Ciências Médicas Grupo do Joelho
Resumo OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the procedures used by knee surgeons in Brazil for treating and rehabilitating anterior cruciate ligament injuries. METHODS: A questionnaire consisting of 21 closed questions was developed, addressing topics relating to treatment and rehabilitation after anterior cruciate ligament reconstruction. The questionnaire was applied to Brazilian knee surgeons during the three days of the 42nd Brazilian Congress of Orthopedics and Traumatology in 2010. RESULTS: A total of 226 surgeons filled out the questionnaire completely. The most commonly used types of graft were hamstrings tendons and the central third of the ipsilateral patellar tendon, which were used by 82.3% and 53.5% of the sample, respectively. The technique of reconstruction with a single transtibial band was the first preference and was used by 66.4% of the participants. A period of 1 to 4 weeks between injury and surgical procedure was considered ideal by most participants (52.65%). Complaints from patients that the knee was 'giving way' or unstable and presence of a positive pivot shift maneuver were the most decisive factors considered in making the decision to operate the patient. Patient satisfaction and absence of complaints of instability during the postoperative period were the criteria deemed to be most important for the surgery to be considered a success. CONCLUSIONS: There are clearly evolving trends in treating and rehabilitating the anterior cruciate ligament in Brazil. However, more prospective controlled studies are needed in order to evaluate the clinical and scientific benefits of these trends.

OBJETIVO: O objetivo deste estudo é avaliar as condutas e procedimentos realizados pelos cirurgiões de joelho do Brasil no tratamento e reabilitação das lesões do ligamento cruzado anterior. MÉTODOS: Um questionário de 21 questões fechadas foi elaborado abordando tópicos relacionados ao tratamento e reabilitação após reconstrução do LCA. O questionário foi aplicado a cirurgiões brasileiros de joelho durante os três dias do 42º Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia do ano de 2010. RESULTADOS: No total, 226 cirurgiões preencheram completamente o questionário e fizeram parte da amostra analisada. A maior parte destes era proveniente da região Sudeste do País. Os tipos de enxerto mais utilizados foram os tendões flexores e o terço central do tendão patelar ipsilateral à lesão, utilizados por 82,3% e 53,5% da amostra, respectivamente. A técnica de reconstrução com banda única transtibial é a preferida, sendo realizada por 66,4% dos participantes. O período de uma a quatro semanas entre a lesão e a realização do procedimento cirúrgico foi o considerado ideal pela maioria dos participantes (52,65%). Queixa de falseio/instabilidade do paciente e presença da manobra de pivot-shift positiva no exame físico foram os fatores considerados mais determinantes na decisão de operar o paciente. Já a satisfação do paciente e a ausência de queixas de instabilidade no pós-operatório foram os critérios julgados mais importantes para considerar a cirurgia um sucesso. CONCLUSÕES: Existem claras tendências em evolução no tratamento e reabilitação do LCA no Brasil. No entanto, mais estudos prospectivos controlados são necessários para avaliar o benefício clínico e científico destas tendências.
Palavra-chave Anterior Cruciate Ligament
Reconstruction
Rehabilitation
Orthopedico
Ligamento Cruzado Anterior
Reconstrução
Reabilitação
Ortopedia
Idioma Português
Data de publicação 2012-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Ortopedia. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 47, n. 2, p. 191-196, 2012.
ISSN 0102-3616 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Extensão 191-196
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162012000200008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000278322400010
SciELO S0102-36162012000200008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7033

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-36162012000200008-en.pdf
Tamanho: 314.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0102-36162012000200008-pt.pdf
Tamanho: 372.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta