Tradução e adaptação cultural do Questionário Aberdeen para Veias Varicosas

Tradução e adaptação cultural do Questionário Aberdeen para Veias Varicosas

Título alternativo Translation and cultural adaptation of Aberdeen Varicose Veins Questionnaire
Autor Leal, Flávia De Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Couto, Renata Cardoso Autor UNIFESP Google Scholar
Pitta, Guilherme Benjamin Brandão Autor UNIFESP Google Scholar
Leite, Priscilla Tosatti Ferreira Google Scholar
Costa, Larissa Maranhão Google Scholar
Higino, Wesley J. F. Google Scholar
Sousa, Marina Sandrelle Correia De Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal de Minas Gerais
FAL
Centro Cirúrgico do Hospital Regional de Trauma
Resumo BACKGROUND: Currently there is a growing interest in health assessment tools produced and validated throughout the world. Nevertheless, it is still inadequate the number of instruments that assess the impact of chronic venous disease in the life of its bearer. To use these measures it is necessary to accomplish the translation and cultural adaptation to the language in question. OBJECTIVE: Translate to Portuguese and culturally adapted for the Brazilian population the Aberdeen Varicose Veins Questionnaire (AVVQ-Brazil). METHODS: The process consisted of two translations and two back-translations performed by freelance translators, then the evaluation versions of the development of consensual version and commented pretest. RESULTS: The patients in the pre-test were female, mean age 49.9 years, average response time of 7.73 minutes, which ranged from 4.55 minutes (minimum) to 10.13 minutes (maximum time). Education: 20% functional illiteracy and first and second complete degrees; 30% first incomplete degree, and 10% third complete degree. Clinical severity: 40% C3 and C6s, 10% C2 and C5, with five misunderstood terms in the application. CONCLUSION: The Portuguese version of the Aberdeen Varicose Veins Questionnaire has been translated and adapted for use in the Brazilian population, and can be used after further analysis of their clinimetric properties, which is underway.

CONTEXTO: Atualmente há um crescente interesse por instrumentos de avaliação em saúde produzidos e validados em todo o mundo. Apesar disso, ainda não temos no Brasil instrumentos que avaliem o impacto da doença venosa crônica na vida de seu portador. Para utilização dessas medidas torna-se necessária a realização da tradução e da adaptação cultural ao idioma em questão. OBJETIVO: Traduzir e adaptar culturalmente para a população brasileira o Aberdeen Varicose Veins Questionnaire (AVVQ- Brasil). MÉTODOS: O processo consistiu de duas traduções e duas retrotraduções realizadas por tradutores independentes, da avaliação das versões seguida da elaboração de versão consensual e de pré-teste comentado. RESULTADOS: Os pacientes do pré-teste eram do sexo feminino, com média de idade de 49,9 anos, média de tempo de resposta 7,73 minutos, que variou entre 4,55 minutos (tempo mínimo) a 10,13 minutos (tempo máximo). Escolaridade: 20% analfabetismo funcional, 1º grau completo e 2º grau completo; 30% 1º grau incompleto; e 10% 3º grau completo. Gravidade clínica 40% C3 e C6S, 10% C2 e C5, havendo cinco termos incompreendidos na aplicação. CONCLUSÕES: A versão na língua portuguesa do Aberdeen Varicose Veins Questionnaire está traduzida e adaptada para uso na população brasileira, podendo ser utilizada após posterior análise de suas propriedades clinimétricas.
Palavra-chave questionnaires
translation
cross-cultural comparison
questionários
tradução
comparação transcultural
Idioma Português
Data de publicação 2012-03-01
Publicado em Jornal Vascular Brasileiro. Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), v. 11, n. 1, p. 34-42, 2012.
ISSN 1677-5449 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV)
Extensão 34-42
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492012000100007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1677-54492012000100007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6997

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1677-54492012000100007.pdf
Tamanho: 294.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta