Limitação de atividades em idosos: estudo em novos usuários de próteses auditivas por meio do questionário APHAB

Limitação de atividades em idosos: estudo em novos usuários de próteses auditivas por meio do questionário APHAB

Título alternativo Activity limitations in the elderly: a study of new hearing aid users using the APHAB questionnaire
Autor Flores, Nayyara Glícia Calheiros Autor UNIFESP Google Scholar
Iorio, Maria Cecilia Martinelli Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To evaluate hearing limitations among elderly individuals with moderate to severe sensorineural hearing loss according to the variables educational level and degree of hearing loss, using the Abbreviated Profile of Hearing Aid Benefit self-assessment questionnaire. METHODS: The questionnaire was applied to 30 elderly subjects before and after three months of use of amplification. The sample was composed of 60% females and 40% males, with mean age of 71.6 years. Educational level was divided into three categories: illiterate, elementary school, and high school education. Data were analyzed statistically. Scores were compared by subscale and an overall assessment was conducted by subtracting these scores. Moreover, it was calculated the association between benefit and educational level and degree of hearing loss. RESULTS: The comparative study between scores obtained in the questionnaire with and without hearing aid revealed difference in the subscales Ease of Communication, Reverberation and Background Noise, with values p<0.001. In the Aversion to Sounds subscale, it was observed a decline with amplification. Performance improved with the hearing aid in the overall evaluation for all three subscales. There was no association between benefits obtained with the hearing aid, educational level, and degree of hearing loss. CONCLUSION: Benefits were reported in the subscales: Ease of Communication, Reverberation, and Background Noise. No association was found between benefits, educational level and degree of hearing loss. The benefit obtained in the Background Noise subscale is smaller than that observed in Reverberation and Ease of Communication.

OBJETIVO: Avaliar limitações auditivas de idosos com perda auditiva sensorioneural de grau moderado a severo segundo variáveis escolaridade e grau da perda auditiva, por meio do questionário de auto-avaliação Abbreviate Profile of Hearing Aid Benefit (APHAB). MÉTODOS: Foi aplicado o questionário em 30 idosos antes e após três meses de uso da amplificação. A amostra foi composta por 60% mulheres e 40% homens, com média de idade de 71,6 anos. O grau de escolaridade foi distribuído em três categorias: não-alfabetizado, ensino fundamental e ensino médio. Os dados foram analisados estatisticamente. Os escores foram comparados por sub-escala, e a avaliação geral pela subtração desses escores. Além disso, foi calculada a associação entre benefício e grau de escolaridade e grau de perda auditiva. RESULTADOS: O estudo comparativo entre os escores obtidos na aplicação do questionário sem e com prótese auditiva revelou diferença nas sub-escalas Facilidade de Comunicação, Reverberação e Ruído Ambiental, com valores de p<0,001. Na sub-escala Aversão aos Sons ocorreu piora com a amplificação. Houve melhora no desempenho com prótese auditiva na avaliação geral nas três sub-escalas. Não houve associação entre o benefício obtido com a prótese auditiva, grau de escolaridade e grau de perda auditiva. CONCLUSÃO: Há benefício nas sub-escalas: Facilidade de Comunicação, Reverberação e Ruído Ambiental. Não há associação entre benefício, escolaridade e grau da perda auditiva. O benefício obtido na sub-escala Ruído Ambiental é menor que nas sub-escalas Facilidade de Comunicação e Reverberação.
Palavra-chave Hearing loss
Elderly health
Hearing aids
Presbycusis
Questionnaires
Perda auditiva
Saúde do idoso
Auxiliares de audição
Presbiacusia
Questionários
Idioma Português
Data de publicação 2012-03-01
Publicado em Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 17, n. 1, p. 47-53, 2012.
ISSN 1516-8034 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 47-53
Fonte http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-80342012000100010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-80342012000100010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6987

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-80342012000100010.pdf
Tamanho: 249.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta