Pré-eclâmpsia (indicador de doença renal crônica): da gênese aos riscos futuros

Pré-eclâmpsia (indicador de doença renal crônica): da gênese aos riscos futuros

Título alternativo Preeclampsia (marker of chronic kidney disease): from genesis to future risks
Autor Facca, Thais Alquezar Autor UNIFESP Google Scholar
Mastroianni Kirsztajn, Gianna Autor UNIFESP Google Scholar
Sass, Nelson Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Preeclampsia (PE) is a pregnancy-specific disease which, in addition to other hypertensive disorders, is an important cause of maternal and perinatal morbidity and mortality. With an incidence ranging from 3 to 14% of all pregnancies worldwide, the disease can present in different clinical forms. PE and cardiovascular diseases (CVD) have similar pathophysiological mechanisms, such as endothelial dysfunction, metabolic changes and oxidative stress, and they also share some risk factors such as obesity, kidney disease and diabetes. Although the exact relationship between PE and cardiovascular risk has not been fully elucidated, PE-triggered metabolic stress may cause vascular injury, thus contributing to the development of CVD and/or chronic kidney disease (CKD) in the future. This risk appears to be increased especially in women with a history of recurrent, severe PE and eclampsia. The investigation of a history of PE may assist in assessing the future risk of CVD and CKD, their prevention and early diagnosis.

A pré-eclâmpsia (PE) é uma doença específica da gestação que, somada às demais desordens hipertensivas, constitui importante causa de morbimortalidade materna e perinatal. Tem incidência estimada de 3 a 14% entre todas as gestações e pode manifestar-se de diferentes formas clínicas. A PE e a doença cardiovascular (DCV) possuem mecanismos fisiopatológicos semelhantes, como disfunção endotelial, alteração metabólica e estresse oxidativo, assim como também compartilham alguns fatores de risco como obesidade, doença renal e diabetes. A exata relação entre PE e risco cardiovascular ainda não está totalmente elucidada, talvez o estresse metabólico desencadeado na PE provoque a lesão vascular que contribui para o desenvolvimento da DCV e/ou da doença renal crônica (DRC) futuramente. Esse risco parece ser ainda maior em mulheres com história de PE recorrente, severa e eclâmpsia. A investigação do antecedente de PE pode auxiliar na avaliação do risco futuro de DCV e DRC, na prevenção e no diagnóstico precoce.
Palavra-chave Preeclampsia
Cardiovascular Diseases
Renal Insufficiency
Chronic
Hypertension
Proteinuria
Pré-eclâmpsia
Doenças Cardiovasculares
Insuficiência Renal Crônica
Hipertensão
Proteinúria
Idioma Português
Data de publicação 2012-03-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Nefrologia. Sociedade Brasileira de Nefrologia, v. 34, n. 1, p. 87-93, 2012.
ISSN 0101-2800 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Nefrologia
Extensão 87-93
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-28002012000100015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-28002012000100015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6985

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-28002012000100015.pdf
Tamanho: 147.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta