Comparação dos efeitos do laser de baixa potência e do ultrassom de baixa intensidade associado ao Biosilicato® no processo de reparo ósseo em tíbias de ratos

Comparação dos efeitos do laser de baixa potência e do ultrassom de baixa intensidade associado ao Biosilicato® no processo de reparo ósseo em tíbias de ratos

Título alternativo Comparative study of the effects of low-level laser and low-intensity ultrasound associated with Biosilicate® on the process of bone repair in the rat tibia
Autor Oliveira, Poliani De Google Scholar
Fernandes, Kelly Rosseti Google Scholar
Sperandio, Evandro Fornias Google Scholar
Pastor, Fabio Alexandre Casarin Google Scholar
Nonaka, Keico Okino Google Scholar
Parizotto, Nivaldo Antonio Google Scholar
Renno, Ana Claudia Muniz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Carlos
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: Verify the effects of the association between Biosilicate® and ultrasound and, Biosilicate® and laser in bone consolidation process of rats, through the biomechanical and histological analysis. METHODS: Forthy male rats were used. The animals were randomized into four groups (n=10): control group fracture no treated (CGF); group treated with Biosilicate® (BG); group treated with Biosilicate® and laser (BLG); group treated with Biosilicate® and ultrasound (BUG). RESULTS: The biomechanical analysis showed no significant difference among any groups after 14 days post-surgery. In the morphometric analysis, the control group showed moderate presence of new formed bone tissue inside the defects areas and the Biosilicate® group showed similar results. Despite those facts, the biomaterial osteogenic potential was demonstrated by the great amount of cells and bone tissue around the particles. Curiously, the Biosilicate® plus laser or ultrasound groups showed lower amounts of bone tissue deposition when compared with control fracture and Biosilicate® groups. CONCLUSION: The data from this study can conclude that Biosilicate® was able to accelerate and optimized the bone consolidation, through the modulation of the inflammatory process and the stimulation of new bone formation. However, when resources were associated, there are no positive results.

OBJETIVO: Verificar os efeitos da associação do Biosilicato® com o US e com o LLLT no processo de consolidação óssea em ratos, a partir da análise biomecânica e histológica. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos machos distribuídos em quatro grupos (n = 10): grupo controle fratura sem tratamento (GCF); grupo tratado com Biosilicato® (GB); grupo tratado com Biosilicato® + laser (GBL); grupo tratado com Biosilicato® + US (GBUS). RESULTADOS: A análise biomecânica não apresentou diferença estatisticamente significativa nos grupos após o período experimental de 14 dias. Na análise morfométrica, o grupo controle apresentou presença moderada de tecido ósseo neoformado no interior dos defeitos e o grupo tratado com Biosilicato® apresentou resultados semelhantes. No entanto, foi observado o potencial osteogênico do biomaterial, uma vez que houve grande presença de células e tecido ósseo ao redor das partículas. Interessantemente, os grupos Biosilicato® associado ao laser terapêutico e ao US demonstraram quantidades menores de deposição de tecido ósseo quando comparados aos grupos controle fratura e Biosilicato®. CONCLUSÃO: A partir dos dados deste estudo podemos concluir que o Biosilicato® foi capaz de acelerar e potencializar a recuperação óssea, através da modulação do processo inflamatório e da estimulação da formação de tecido ósseo novo. No entanto, quando a LLLT ou o US foram associados, não foram encontrados resultados positivos.
Palavra-chave Bone Tissue
Ultrasound
Laser
Biocompatible Materials
Rats
Tecido Ósseo
Ultrassom
Laser
Materiais Biocompatíveis
Ratos
Idioma Português
Data de publicação 2012-02-01
Publicado em Revista Brasileira de Ortopedia. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 47, n. 1, p. 102-107, 2012.
ISSN 0102-3616 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Extensão 102-107
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162012000100014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-36162012000100014 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6961

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-36162012000100014.pdf
Tamanho: 400.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta