Frutanos do tipo inulina e aumento da absorção de cálcio: uma revisão sistemática

Frutanos do tipo inulina e aumento da absorção de cálcio: uma revisão sistemática

Título alternativo Inulin-type fructans and calcium absorption enhancement: a systematic review
Autor Capriles, Vanessa Dias Autor UNIFESP Google Scholar
Arêas, José Alfredo Gomes Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo We performed a systematic review of literature regarding the effects of inulin-type fructans consumption on calcium absorption. Results of four from seven double-blind randomized controlled clinical trials revised in this work showed that daily consumption of fructans mixture (inulin and oligofructose 1:1) increases calcium absorption, depending on the chronological and physiological age, and menopausal status of healthy individuals who consume adequate amounts of calcium. Due to the limited number of clinical trials and the differences on the experimental design, follow-up, fructans type (inulin, oligofructose or their mixture) and quantity consumed, and the individuals' age, the results cannot be generalized. This review demonstrates the need for more long-term follow-up clinical trial, in which both calcium absorption and bone mineral density are measured. Further studies may help understand the mechanisms underlying the effects of inulin-type fructans on calcium absorption, and to evaluate if the increased calcium absorption is long-term persistence and if it can be translated into real benefits to bone health; and also to test whether these effects could benefit individuals with other age groups and in different physiological conditions. Consistent accumulated scientific evidences are still necessary to consider inulin-type fructans consumption as a prevention strategy for osteoporosis.

Realizou-se uma revisão sistemática da literatura sobre os efeitos do consumo de frutanos do tipo inulina na absorção de cálcio. Resultados de quatro dos sete ensaios clínicos duplo-cegos controlados aleatorizados relatados neste trabalho indicam que o consumo diário da mistura de frutanos (inulina e oligofrutose 1:1) aumenta a absorção de cálcio, dependendo da idade cronológica e fisiológica, bem como do estado menopausal de indivíduos saudáveis que consomem quantidades adequadas de cálcio. O número limitado de ensaios clínicos realizados e as diferenças relativas ao planejamento experimental, tempo de estudo, tipo e quantidade de frutano consumido (inulina, oligofrutose ou a mistura de ambos), bem como a faixa etária dos indivíduos, impedem a generalização dos resultados observados. Esta revisão demonstra a necessidade de mais ensaios clínicos de longa duração, nos quais tanto a absorção de cálcio como a densidade mineral óssea sejam avaliadas. Futuros estudos devem contribuir para a compreensão dos mecanismos de ação dos frutanos no aumento da absorção de cálcio; para avaliar se esse efeito persiste em longo prazo e se pode ser considerado como benefício real para a saúde óssea; e para testar se tais efeitos poderiam beneficiar indivíduos de outras faixas etárias e diferentes condições fisiológicas. Evidências científicas consistentes e acumuladas ainda são necessárias para poder considerar o consumo de frutanos como uma estratégia de prevenção da osteoporose.
Assunto Calcium
Bone density
Fructans
Inulin
Cálcio
Densidade óssea
Frutanos
Inulina
Idioma Português
Data 2012-02-01
Publicado em CAPRILES, Vanessa Dias e AREAS, José Alfredo Gomes. Frutanos do tipo inulina e aumento da absorção de cálcio: uma revisão sistemática. Rev. Nutr. [online]. 2012, vol.25, n.1, pp.147-159
ISSN 1415-5273 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Extensão 147-159
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732012000100013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000303207200013
SciELO S1415-52732012000100013 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6938

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1415-52732012000100013.pdf
Tamanho: 351.2Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)