Fratura-luxação da coluna torácica durante segundo trimestre da gestação: relato de caso e revisão da literatura

Fratura-luxação da coluna torácica durante segundo trimestre da gestação: relato de caso e revisão da literatura

Título alternativo Fracture-dislocation of the thoracic spine during second trimester of pregnancy: case report and literature review
Autor Gotfryd, Alberto Ofenhejm Google Scholar
Franzin, Fernando José Google Scholar
Poletto, Patrícia Rios Autor UNIFESP Google Scholar
Carneiro Neto, Nicola Jorge Google Scholar
Nogueira Júnior, Roberto César Google Scholar
Ferreira Júnior, Luiz Carlos Lopes Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Metropolitana de Santos
Resumo Spinal fractures associated with spinal cord injury rarely affect pregnant patients. The authors present the case of a 20-year-old woman in her 20th week of pregnancy, who suffered fracture-dislocation of the thoracic spine (T4-T5) and underwent decompression, reduction and posterior fusion with pedicle screws. Despite the complete spinal cord injury presented, the pregnancy progressed uneventfully and resulted in birth via normal delivery of a healthy newborn at term. Some particular features of this case, like the care needed in using ionizing radiation, the surgical approach and delivery, use of steroids and pregnancy complications in such patients are discussed here. Only a multidisciplinary team composed by physicians from different specialties (spinal surgeons, obstetricians and physiatrists), nurses and physiotherapists is capable of assisting pregnant patients with spinal cord injuries satisfactorily.

Fraturas da coluna vertebral associadas à lesão medular raramente acometem pacientes gestantes. Os autores apresentam o caso de uma mulher de 20 anos de idade, com gestação de 20 semanas, que sofreu fratura-luxação da coluna torácica (T4-T5) e foi submetida a descompressão, redução e artrodese posterior com parafusos pediculares. Apesar de apresentar lesão medular completa, a gestação evoluiu sem intercorrências e resultou no nascimento, por parto normal, de uma criança saudável a termo. Algumas particularidades, como o cuidado com o uso de radiação ionizante, via de acesso cirúrgico e de parto, corticoterapia e complicações gestacionais em pacientes nessas condições são discutidas neste artigo. Somente uma equipe multidisciplinar, formada por médicos de diferentes especialidades (cirurgiões de coluna, obstetras e fisiatras), enfermeiras e fisioterapeutas é capaz de assistir a essas pacientes de modo satisfatório.
Palavra-chave Spinal Fractures
Pregnancy
Spinal Cord Injuries
Radiation, Ionizing
Fraturas da Coluna Vertebral
Gravidez
Traumatismos da Medula Espinal
Radiação Ionizante
Idioma Português
Data de publicação 2012-01-01
Publicado em Revista Brasileira de Ortopedia. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 47, n. 4, p. 521-525, 2012.
ISSN 0102-3616 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Extensão 521-525
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162012000400021
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-36162012000400021 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6849

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-36162012000400021.pdf
Tamanho: 691.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta