Preditores da Síndrome de Burnout em enfermeiros de serviços de urgência pré-hospitalar

Preditores da Síndrome de Burnout em enfermeiros de serviços de urgência pré-hospitalar

Título alternativo Predictors of Burnout Syndrome in nurses in the prehospital emergency services
Predictores del Síndrome de Burnout en enfermeros de servicios de urgencia pre-hospitalaria
Autor França, Salomão Patrício De Souza Autor UNIFESP Google Scholar
De Martino, Milva Maria Figueiredo Autor UNIFESP Google Scholar
Aniceto, Edna Verissimo Dos Santos Google Scholar
Silva, Lemoel Leandro Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Sociedade de Ensino Universitário do Nordeste
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
UTIC
Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas
Faculdade Tiradentes
Resumo OBJECTIVE: To analyze the predictors of burnout syndrome presented by nurses from the mobile prehospital emergency services. METHODS: A descriptive, exploratory, quantitative study with 38 nurses. A structured questionnaire was used, along with the Maslach Burnout Inventory in September, 2010. For data analysis, descriptive and inferential statistical techniques (t-test and F-test (ANOVA)) were used. Verification of the hypothesis of equality was conducted using Levene's F-test, and normality was tested using the Shapiro-Wilk test. RESULTS: The variability expressed by the coefficient of variation was not high, since the measure was, at most, equal to 33.17. CONCLUSION: There was no statistically significant difference between variables and symptom dimensions of burnout syndrome. The syndrome may be more related to organizational factors of work than with the type of activity performed by professionals or their demographic findings.

OBJETIVO: Analizar los predictores del Síndrome de Burnout presentados por enfermeros de servicios de urgencia pre-hospitalaria móvil. MÉTODOS: Estudio descriptivo, exploratorio, cuantitativo realizado con 38 enfermeros. Se utilizó un cuestionario estructurado acrecentado del Maslach Burnout Inventory en setiembre del 2010. En el análisis de los datos, se usaron técnicas de estadística descriptiva e inferencial (test t-Student y test F (ANOVA). La verificación de la hipótesis de igualdad fue realizada por el test F de Levene y la de normalidad por el test de Shapiro-Wilk. RESULTADOS: La variabilidad expresada por el coeficiente de variación no se mostró elevada, puesto que la referida medida fue, máximo, igual a 33,17. CONCLUSIÓN: No hubo diferencia estadísticamente significativa entre las variables estudiadas y las dimensiones sintomatológicas del Síndrome de Burnout. El Síndrome puede estar relacionada más con factores organizacionales del trabajo que con el tipo de actividad desarrollada por los profesionales o de hallazgos sociodemográficos.

OBJETIVO: Analisar os preditores da Síndrome de Burnout apresentados por enfermeiros de serviços de urgência pré-hospitalar móvel. MÉTODOS: Estudo descritivo, exploratório, quantitativo com 38 enfermeiros. Utilizou-se questionário estruturado acrescido do Maslach Burnout Inventory em setembro de 2010. Na análise dos dados, foram usadas técnicas de estatística descritiva e inferencial (teste t-Student e teste F (ANOVA)). A verificação da hipótese de igualdade foi realizada pelo teste F de Levene e a de normalidade pelo teste de Shapiro-Wilk. RESULTADOS: A variabilidade expressa pelo coeficiente de variação não se mostrou elevada, desde que a referida medida foi, no máximo, igual a 33,17. CONCLUSÃO: Não houve diferença estatisticamente significante entre as variáveis estudadas e as dimensões sintomatológicas da Síndrome de Burnout. A Síndrome pode estar mais relacionada com fatores organizacionais do trabalho do que com o tipo de atividade desenvolvida pelos profissionais ou de achados sociodemográficos.
Palavra-chave Nursing
Burnout professional
Stress
psychological
Work
Prevalence
Enfermagem
Esgotamento profissional
Estresse psicológico
Trabalho
Prevalência
Idioma Português
Data de publicação 2012-01-01
Publicado em Acta Paulista de Enfermagem. Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), v. 25, n. 1, p. 68-73, 2012.
ISSN 0103-2100 (Sherpa/Romeo)
Publicador Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 68-73
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000100012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0103-21002012000100012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6844

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-21002012000100012.pdf
Tamanho: 307.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta