Brazilian version of the Overall Assessment of the Speaker's Experience of Stuttering - Adults protocol (OASES-A)

Brazilian version of the Overall Assessment of the Speaker's Experience of Stuttering - Adults protocol (OASES-A)

Título alternativo Versão brasileira do protocolo Overall Assessment of the Speaker's Experience of Stuttering - Adults (OASES-A)
Autor Bragatto, Eliane Lopes Autor UNIFESP Google Scholar
Osborn, Ellen Autor UNIFESP Google Scholar
Yaruss, J. Scott Google Scholar
Quesal, Robert Google Scholar
Schiefer, Ana Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Chiari, Brasilia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição University of Pittsburgh
Western Illinois University
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To verify the applicability of the protocol Overall Assessment of the Speaker's Experience of Stuttering - Adults (OASES-A), translated into Brazilian Portuguese, in a sample of adults who stutter. METHODS: The Brazilian Portuguese version of the OASES-A protocol was individually applied to 18 people who stutter. The classification of stuttering severity was based on the Stuttering Severity Instrument for Children and Adults (SSI-3) protocol. Translation and back-translation processes were carried out by specialists, considering semantic, conceptual, cultural, and idiomatic equivalences. RESULTS: There was no correlation between the severity degrees of stuttering assessed by the SSI-3 protocol and the self-assessment performed using the OASES-A. Subjects reported impairments in perceived fluency; speech ability; level of knowledge about stuttering and treatment options; use of confrontational techniques; quality of life. They also mentioned having difficulty coping with emotional states such as anxiety and embarrassment, and with communication in daily situations. CONCLUSION: The OASES-A protocol is useful in the assessment and treatment of stutterers, as it provides specialized speech-language pathologists with sutterers' self-perception regarding their communication difficulties and the impact of stuttering on their quality of life.

OBJETIVO: Verificar a aplicabilidade do instrumento Overall Assessment of the Speaker's Experience of Stuttering - Adults (OASES-A), traduzido para o Português Brasileiro, em uma amostra de pessoas que gaguejam. MÉTODOS: Foi realizada a aplicação individual do instrumento OASES-A, traduzido para o Português Brasileiro, a 18 pessoas que gaguejam. A classificação da severidade da gagueira foi feita baseada no protocolo Stuttering Severity Instrument for Children and Adults (SSI-3). Os processos de tradução e tradução reversa foram realizados por especialistas, considerando-se as equivalências semântica, conceitual, cultural e idiomática. RESULTADOS: Não houve correlação entre os níveis de severidade da gagueira avaliados por meio do protocolo SSI-3 e os da auto-avaliação mensurados pelo OASES-A. Houve prejuízo relatado quanto à autopercepção da fluência; à habilidade de fala; ao nível de conhecimento da gagueira e opções de tratamento; ao uso de técnicas de enfrentamento; à qualidade de vida. Também foi referida dificuldade em relação aos estados emocionais, como ansiedade e constrangimento, e na comunicação em situações da vida diária. CONCLUSÃO: A aplicação do OASES-A mostrou-se útil para avaliar e tratar pessoas que gaguejam, pois fornece subsídios ao profissional fonoaudiólogo especializado no que se refere à autopercepção destas pessoas sobre as dificuldades na comunicação e o impacto da gagueira sobre a qualidade de vida.
Palavra-chave Stuttering
International classification of functioning, disability and health
Quality of life
Speech
Translating
Gagueira
Classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde
Qualidade de vida
Fala
Tradução
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-01-01
Publicado em Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 24, n. 2, p. 145-151, 2012.
ISSN 2179-6491 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 145-151
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912012000200010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2179-64912012000200010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6821

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2179-64912012000200010.pdf
Tamanho: 295.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta