Mãos unidas, corações divididos. As sociedades italianas de socorro mútuo em São Paulo na Primeira República: sua formação, suas lutas, suas festas

Mãos unidas, corações divididos. As sociedades italianas de socorro mútuo em São Paulo na Primeira República: sua formação, suas lutas, suas festas

Título alternativo Hands joined, hearts divided. The Italian mutual assistance societies in São Paulo during the First Republic: their training, their struggles, their festivals
Les mains jointes, les coeurs brisés. Les sociétés italiennes d'aide mutuelle à São Paulo au cours de la Première République: leur formation, leurs luttes, leurs festivals
Autor Biondi, Luigi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The author gives an overview of the Italian mutualism in São Paulo since its origins, during the Brazilian First Republic. He investigates the making of the Italian mutual-aid societies, so as the associations where Italian migrants composed the most part, the ties with the Italian associational tradition of the regions where they came from, its political attitudes and differences, its relationship with the working-class movement and with the world of labour, by its organizational characteristics of sociability, recreation or fight. Builder of a multiple and politically characterized Italian identity, these societies concurred in creating - and were also an expression of - the making of a working-class identity.

Dans cet article, l'auteur dresse un tableau de mutualisme italienne à São Paulo au cours de la Première République, de ses origines. Il analyse la formation des entreprises italiennes de l'assistance mutuelle, les associations mutuelles, ainsi que ceux dans lesquels les Italiens étaient son prépondérante, ses liens avec la tradition italienne des régions associatives d'origine des immigrés, leurs positions et les différences politiques, leur relation avec la mouvement syndical et le monde du travail en général, dans ses aspects organisationnels de la sociabilité, les loisirs ou la lutte. Construction d'une identité italienne de multiples facettes et caractérisé politique, ont contribué à ces associations, et étaient aussi l'expression d'une formation de l'identité de classe.

Neste artigo, o autor desenha um panorama do mutualismo italiano em São Paulo durante a Primeira República, desde suas origens. É analisada a formação das sociedades italianas de socorro mútuo, assim como daquelas associações mútuas em que os imigrantes italianos constituíam sua parcela preponderante, suas ligações com a tradição associativa italiana das regiões de origens dos imigrantes, seus posicionamentos e divergências políticos, sua relação com o movimento operário e com o mundo do trabalho em geral, em seus aspectos organizativos de sociabilidades, lazer ou luta. Construtoras de uma identidade italiana multifacetada e caracterizada politicamente, essas associações contribuíram para, e foram também expressão de, uma identidade de classe em formação.
Palavra-chave Mutual-aid societies
ethnic societies
Italian migration
labour movement
Socorro mútuo
associações étnicas
imigração italiana
movimento operário
Idioma Português
Data de publicação 2012-01-01
Publicado em Tempo. EdUFF - Editora da UFF, v. 18, n. 33, p. 075-104, 2012.
ISSN 1413-7704 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador EdUFF - Editora da UFF
Extensão 075-104
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-77042012000200004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000208941300004
SciELO S1413-77042012000200004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6817

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-77042012000200004.pdf
Tamanho: 702.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta