Implementação financeira e o impacto do mutirão de cirurgias de varizes, após a criação do Fundo de Ações Estratégias e Compensação (FAEC)

Implementação financeira e o impacto do mutirão de cirurgias de varizes, após a criação do Fundo de Ações Estratégias e Compensação (FAEC)

Título alternativo Financial implementation and the impact of vascular surgery task force, after the creation of the Strategic Actions and Compensation Fund (FAEC)
Autor Souza, Maira Oliveira Google Scholar
Miranda Júnior, Fausto Autor UNIFESP Google Scholar
Poli de Figueiredo, Luiz Francisco Autor UNIFESP Google Scholar
Pitta, Guilherme Benjamin Brandão Google Scholar
Aragão, José Aderval Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
UNCISAL
Universidade Tiradentes Faculdade de Medicina
Resumo BACKGROUND: In spite of the fact that the number of surgeries presented by the elective surgery task force did not entirely reflect the reality, it is possible to declare that the financial implementation of the Brazilian Ministry of Health has been significative, as well as the increasing number of varicose vein surgeries, especially after the creation of the Strategic Actions and Compensation Fund (FAEC). OBJECTIVE: To evaluate the application of financial investment in the Ministry of Health campaign for varicose vein surgery. METHODS: A transversal study of retrospective nature has been conducted, using information available at the Data Processing Department of the National Healthcare System database (DATASUS). All the authorization of hospital internment from the inferior member varicose vein surgeries, financed by the Brazilian Ministry of Health from January 1998 to December 2004, have been included in the research. RESULTS: In 1998, before the implementation of the elective surgery task force, 23,531 varicose vein surgeries have been performed, and R$ 5,819,033.27 invested. After the creation of the FAEC, 457,026 inferior member varicose vein surgeries have been performed from 1999 to 2004, and R$ 187,760,196.81 were invested with an average of R$ 31,293,336.13 per year. CONCLUSION: Thus, it is possible to conclude that the bigger investment from the Brazilian Ministry of Health, represented by the implementation of the elective surgery task forces by the FAEC, has been responsible for increasing the number of varicose vein surgeries all around Brazil.

CONTEXTO: Apesar de reconhecer que o número apresentado pelo mutirão de cirurgias eletivas não refletisse inteiramente a realidade, foi significativa a implementação financeira do Ministério da Saúde do Brasil, bem como o aumento de cirurgias de varizes, após criação do Fundo de Ações Estratégias e Compensação (FAEC). OBJETIVO: Avaliar os resultados da aplicação do investimento financeiro do Ministério da Saúde no mutirão de cirurgias de varizes. MÉTODOS:Foi realizado um estudo transversal de natureza retrospectiva, utilizando informações do banco de dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Foram incluídas na pesquisa todas autorizações de internação hospitalar das cirurgias de varizes de membros inferiores pagas pelo Ministério da Saúde do Brasil, no período de janeiro de 1998 a dezembro de 2004. RESULTADOS: Em 1998, antes da implementação do mutirão de cirurgias eletivas foram realizadas 23.531 cirurgias de varizes e investidos R$ 5.819.033,27. Após a criação do FAEC, foram realizadas 457.026 cirurgias de varizes de membros inferiores, no período de 1999 a 2004, e foram investidos R$ 187.760.196,81 com média de R$ 31.293.336,13 por ano. CONCLUSÃO: O investimento feito pelo Ministério da Saúde durante o programa de mutirões de cirurgias eletivas pelo FAEC, proporcionou aumento significativo do número de cirurgias de varizes em todo Brasil.
Palavra-chave investments
surgery
varicose veins
venous insufficiency
health profile
investimentos em saúde
cirurgia
varizes
insuficiência venosa
perfil de saúde
Idioma Português
Data de publicação 2011-12-01
Publicado em Jornal Vascular Brasileiro. Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), v. 10, n. 4, p. 302-307, 2011.
ISSN 1677-5449 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV)
Extensão 302-307
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492011000400008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1677-54492011000400008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6783

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1677-54492011000400008.pdf
Tamanho: 788.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta