Surgical treatment of gastroesophageal reflux disease: total or partial fundoplication? Systematic review and meta-analysis

Surgical treatment of gastroesophageal reflux disease: total or partial fundoplication? Systematic review and meta-analysis

Título alternativo Tratamento cirúrgico da doença do refluxo gastroesofágico: fundoplicatura total ou parcial? Revisão sistemática da literatura e metanálise
Autor Ramos, Rodrigo F Google Scholar
Lustosa, Suzana Angélica S Google Scholar
Almeida, Carlos Augusto P. De Google Scholar
Silva, Carolina P. Da Google Scholar
Matos, Delcio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal Fluminense Departamento de Cirurgia
Hospital Munir Rafful Unidade de Ensino, Pesquisa e Extensão
Faculdade de Medicina de Volta Redonda
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT: Although the high incidence of gastroesophageal reflux disease (GERD) in the population, there is much controversy in this topic, especially in the surgical treatment. The decision to use of a total or partial fundoplication in the treatment of GERD is still a challenge to many surgeons because the few evidence found in the literature. OBJECTIVE: To bring more clear evidence in the comparison between total and partial fundoplication. DATA SOURCES: A systematic review of the literature and metaanalysis with randomized controlled trials accessed from MEDLINE, LILACS, Cochrane Controlled Trials Database was done. The outcomes remarked were: dysphagia, inability to belch, bloating, recurrence of acid reflux, heartburn and esophagitis. For data analysis the odds ratio was used with corresponding 95% confidence interval. Statistical heterogeneity in the results of the metaanalysis was assessed by calculating a test of heterogeneity. The software Review Manager 5 (Cochrane Collaboration) was utilized for the data gathered and the statistical analysis. Sensitive analysis was applied using only trials that included follow-up over 2 years. RESULTS: Ten trials were included with 1003 patients: 502 to total fundoplication group and 501 to partial fundoplication group. The outcomes dysphagia and inability to belch had statistical significant difference (P = 0.00001) in favor of partial fundoplication. There was not statistical difference in outcomes related with treatment failure. There were no heterogeneity in the outcomes dysphagia and recurrence of the acid reflux. CONCLUSION: The partial fundoplication has lower incidence of obstructive side effects.

CONTEXTO: Apesar da alta incidência da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) na população em geral, ainda existe muita controvérsia sobre este assunto, especialmente quanto ao tratamento cirúrgico. A decisão de usar fundoplicatura total ou parcial no tratamento da DRGE ainda é um desafio para muitos cirurgiões devido à pouca evidência disponível na literatura. OBJETIVO: Comparar a fundoplicatura total e as fundoplicaturas parciais no tratamento da DRGE, avaliando a eficácia das duas técnicas operatórias. MÉTODO: Foram utilizadas a revisão sistemática da literatura e metanálise de estudos prospectivos e randomizados. Fontes de informação utilizadas: LILACS, MEDLINE, Cochrane Controlled Clinical Trials Database. A metanálise foi realizada utilizando-se o programa de informática da Colaboração Cochrane (Review Manager 5.0.1) e o cálculo dos desfechos foi feito pela razão de chances, com respectivo intervalo de confiança de 95%. Os desfechos estudados foram: disfagia, dificuldade em eructar, plenitude gástrica, recurrência do refluxo ácido, pirose e esofagite. Análise de subgrupo: estudos com seguimento maior que 2 anos. RESULTADOS: Foram selecionados 10 ensaios clínicos, onde 1003 doentes foram estudados, sendo 502 alocados para o grupo fundoplicatura total e 501 locados para o grupo fundoplicatura parcial. Os desfechos contínuos não puderam ser calculados em razão da falta de dados. Somente os desfechos disfagia e dificuldade em eructar tiveram resultados estatisticamente significantes (P<0.0001) a favor da fundoplicatura parcial. CONCLUSÃO: A fundoplicatura parcial está relacionada com a menor incidência de eventos obstrutivos pós-operatórios.
Palavra-chave Gastroesophageal reflux
surgery
Fundoplication
Review
Meta-analysis
Refluxo gastroesofágico
cirurgia
Fundoplicatura
Revisão
Metanálise
Idioma Inglês
Data de publicação 2011-12-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 48, n. 4, p. 252-260, 2011.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 252-260
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032011000400007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032011000400007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6768

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032011000400007.pdf
Tamanho: 1.325MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta