Equivalência cultural da versão Brasileira da Voice Symptom Scale: VoiSS

Equivalência cultural da versão Brasileira da Voice Symptom Scale: VoiSS

Título alternativo Cross-cultural adaptation of the Brazilian version of the Voice Symptom Scale: VoiSS
Autor Moreti, Felipe Thiago Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Zambon, Fabiana Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Gisele Autor UNIFESP Google Scholar
Behlau, Mara Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro de Estudos da Voz
Resumo PURPOSE: To present the cultural equivalence of the Brazilian version of the Voice Symptom Scale - VoiSS. METHODS: The questionnaire was translated into Portuguese by two Brazilian bilingual speech-language pathologists, who were informed about the purpose of this research. The back translation was performed by a third bilingual Brazilian speech-language pathologist, who was also an English teacher, and had not participated in the previous stage. After the comparison of translations, a final version of the questionnaire was produced and called Escala de Sintomas Vocais - ESV, which was administered to 15 individuals with vocal complaint. The inclusion criterion was the presence of dysphonia, regardless of type or degree. The option not applicable was added to each item of the protocol. RESULTS: During the process of translation and cultural adaptation, no item was changed and/or eliminated from the questions. The ESV kept the same structure as the original British version with 30 questions, 15 regarding the impairment domain (functionality), eight the emotional domain (psychological effect), and seven the physical domain (organic symptoms). CONCLUSION: The cultural equivalence of the Brazilian version of the VoiSS, entitled ESV, was demonstrated. The ESV validation is currently being concluded.

OBJETIVO: Apresentar a equivalência cultural da versão brasileira da Voice Symptom Scale - VoiSS. MÉTODOS: O questionário foi traduzido para a língua portuguesa por duas fonoaudiólogas brasileiras bilíngues, cientes do objetivo da pesquisa. A retrotradução foi efetuada por uma terceira fonoaudióloga brasileira, bilíngue e professora de inglês, não participante da etapa anterior. Após comparação das traduções, produziu-se uma única versão denominada Escala de Sintomas Vocais - ESV, que foi aplicado a 15 indivíduos com queixa vocal. O critério de inclusão foi presença de disfonia, independentemente do grau ou tipo. A cada questão foi acrescentada a opção não aplicável na chave de resposta. RESULTADOS: No processo de tradução e adaptação cultural não houve modificação e/ou eliminação de nenhuma das questões. A ESV reflete a versão original do inglês, com 30 questões, sendo 15 referentes ao domínio limitação (funcionalidade), oito ao domínio emocional (efeito psicológico) e sete ao domínio físico (sintomas orgânicos). CONCLUSÃO: Houve equivalência cultural da VoiSS para o Português Brasileiro na versão intitulada ESV. A validação da ESV está em fase de conclusão.
Palavra-chave Dysphonia
Validation studies
Quality of life
Translations
Voice quality
Voice disorders
Questionnaires
Disfonia
Estudos de validação
Qualidade de vida
Tradução (produto)
Qualidade da voz
Distúrbios da voz
Questionários
Idioma Português
Data de publicação 2011-12-01
Publicado em Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 23, n. 4, p. 398-400, 2011.
ISSN 2179-6491 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 398-400
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912011000400018
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2179-64912011000400018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6750

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2179-64912011000400018.pdf
Tamanho: 158.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta