Estudo epidemiológico da dacriocistite crônica

Estudo epidemiológico da dacriocistite crônica

Título alternativo Epidemiological study of chronic dacryocystitis
Autor Lorena, Silvia Helena Tavares Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, João Amaro Ferrari Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: The goal of this project is to document the epidemiological characteristics of chronic dacryocystitis cases assisted in a public hospital. METHODS: This is a retrospective study of medical records of patients who developed chronic dacryocystitis assisted in the period of january 12th , 2009 to june 9th, 2010 .The patients were ophthalmologist evaluated: ocular inspection, biomicroscopy, Milder Test, Test of Jones I and II. RESULTS: The gender with chronic dacryocystitis belonged to 55 years. There were 73 % female and 27 % male.The unilateral involvement occurred in 95% of the cases and only 5 % were bilateral. In this work, the side of this pathology was on the right in 45% and on the left in 55%. Negroid races have a lower rate of illness than caucasians.Regarding the chronic dacryocystitis ethiology, there was a predominance of the idiopathic in 95% of the cases and only 5% of trauma. CONCLUSION: The dacryocystitis is more frequent in women, rare in blacks and presents hereditary predisposition, increasing the incidence from the 6th decade

OBJETIVO: O objetivo deste projeto de pesquisa é documentar as características epidemiológicas dos casos de dacriocistites crônicas atendidos em um hospital público. MÉTODOS: Estudo retrospectivo e documental dos prontuários de 60 pacientes com história pregressa de dacriocistite crônica que foram atendidos, no período de 12 de janeiro de 2009 a 9 de junho de 2010. Os pacientes, no período em estudo, foram submetidos à avaliação oftalmológica: inspeção ocular, biomicroscopia,Teste de Milder e Teste de Jones I e II. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes com dacriocistite crônica atendidos foi de 55 anos, sendo 73 % (44) do sexo feminino e 27 % (16) do sexo masculino. O envolvimento unilateral ocorreu em 95% (57) dos casos de dacriocistite crônica e somente 5 % (3) foram bilaterais.. Neste trabalho, o acometimento do lado direito foi de 45 % (26) e do lado esquerdo 55% (31) respectivamente. Em relação à raça, prevaleceu a branca com 92% (54) dos casos de dacriocistite crônica e 8% (6 ) da raça negra. A evolução para dacriocistite aguda ocorreu em 20% dos pacientes. Em relação à etiologia da dacriocistite crônica, houve predominância da idiopática em 95% ( 57) dos casos e somente 5% (3) devido a trauma. CONCLUSÃO: A dacriocistite é mais frequente nas mulheres, rara na raça negra e apresenta predisposição hereditária, aumentando a incidência a partir da 6ª década.
Assunto Chronic dacryocystitis
Lacrimal duct obstruction
Adult
Dacriocistite crônica
Obstrução dos ductos lacrimais
Adulto
Idioma Português
Data 2011-12-01
Publicado em LORENA, Silvia Helena Tavares; SILVA, João Amaro Ferrari. Estudo epidemiológico da dacriocistite crônica. Rev. bras.oftalmol., Rio de Janeiro , v. 70, n. 6, p. 396-399, dez. 2011
ISSN 0034-7280 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Extensão 396-399
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72802011000600011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000300059700011
SciELO S0034-72802011000600011 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6735

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-72802011000600011.pdf
Tamanho: 150.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)