Estudo dos ventrículos cerebrais por ultrassonografia, na criança normal, nascida a termo, de 1 a 6 meses

Estudo dos ventrículos cerebrais por ultrassonografia, na criança normal, nascida a termo, de 1 a 6 meses

Título alternativo Sonographic evaluation of cerebral ventricular system in healthy, full term infants aged 1-6 months
Autor Garcia, Rosemeire Fernandes Google Scholar
Lederman, Henrique Manoel Autor UNIFESP Google Scholar
Brandão, Julio Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo
Resumo OBJECTIVE: Study of the cerebral ventricular system by ultrasonography with the objective of establishing parameters for the diagnosis of mild ventricular dilatation. MATERIALS AND METHODS: Prospective study of 105 healthy, full term infants aged 1-6 months, submitted to monthly scans for morphological data evaluation and measurements of ventricle/ hemisphere ratio, and anteroposterior diameter of frontal horn and fourth ventricle. RESULTS: Normality mean, standard deviation and percentile were obtained for each age range. Negative results were observed in the search for anechoic halo surrounding the posterior two thirds of the choroid plexus on coronal section VI for evaluation of temporal/posterior horns, and the third ventricle was seen as an anechoic cleft < 1 mm on coronal section V in all of the evaluated infants. CONCLUSION: Sonographic findings related to temporal/posterior horns and third ventricle associated with the 95th percentile as upper limit of normality can be utilized as parameters for a simplified diagnosis of mild ventricular dilatation.

OBJETIVO: Estudo dos ventrículos cerebrais por ultrassonografia, com o objetivo de estabelecer de forma simplificada parâmetros para diagnóstico das dilatações ventriculares leves. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudadas, prospectivamente, 105 crianças, normais, nascidas a termo, com um total de 181 exames realizados, mensalmente até os 6 meses, através da observação de dados morfológicos e medidas. As medidas efetuadas foram: índice ventrículo/hemisfério, diâmetro anteroposterior do corno anterior e do quarto ventrículo. RESULTADOS: Obtiveram-se média, desviopadrão e percentis de normalidade das medidas estabelecidas, em cada faixa etária. A pesquisa de halo anecoico nos dois terços posteriores do plexo coroide em plano coronal VI, para avaliação dos cornos temporal/posterior, foi ausente, e o terceiro ventrículo mostrou-se como uma fenda anecoica, menor que 1 mm, em plano coronal V em todas as crianças do estudo. CONCLUSÃO: Os achados morfológicos relacionados aos cornos temporal/posterior e ao terceiro ventrículo, associados ao percentil 95 das medidas como limite superior da normalidade, podem ser utilizados para diagnóstico simplificado de dilatações ventriculares leves.
Assunto Cerebral ventricles
Transfontanelle ultrasonography
Brain ultrasonography
Pediatric sonographic measurements
Ventrículos cerebrais
Ultrassonografia transfontanelar
Ultrassonografia cerebral
Medidas em ultrassom pediátrico
Idioma Português
Data 2011-12-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 44, n. 6, p. 349-354, 2011.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Editor Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 349-354
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842011000600004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842011000600004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6727

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-39842011000600004.pdf
Tamanho: 236.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)