Prevalência da infecção por Helicobacter pylori e de parasitoses intestinais em crianças do Parque Indígena do Xingu

Prevalência da infecção por Helicobacter pylori e de parasitoses intestinais em crianças do Parque Indígena do Xingu

Título alternativo Prevalence of Helicobacter pylori infection and intestinal parasitosis in children of the Xingu Indian Reservation
Autor Escobar-pardo, Mario Luis Google Scholar
Godoy, Anita Paula Ortiz de Autor UNIFESP Google Scholar
Machado, Rodrigo Strehl Google Scholar
Rodrigues, Douglas Google Scholar
Fagundes Neto, Ulysses Autor UNIFESP Google Scholar
Kawakami, Elisabete Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of Helicobacter pylori infection and its association with intestinal parasitoses in children from indigenous communities of the Xingu Indian Reservation, in Brazil. METHODS: A total of 245 Native Brazilian children between 2 and 9 years of age, from six villages of the Xingu River region, a tributary of the Amazon River, were assessed. H. pylori was detected using the 13C-urea breath test. Breath samples were collected at baseline and 30 minutes after ingestion of 50 mg of 13C-urea diluted with 100 mL of water flavored with passion fruit juice and sweetener. Stool samples were collected for the stool ova and parasites exam for 202/245 (82.4%) children. RESULTS: The overall prevalence of H. pylori was 73.5%. A significant association of H. pylori with increased age was observed among the different villages and ethnic groups. Positive results for the presence of parasites - 97.5% (198/202) - from the stool samples collected showed no association with H. pylori. Giardia showed an association with H. pylori in the multivariate analysis. Risk factors for H. pylori infection were observed in Kisêjê and Kaibi ethnic groups (OR [odds ratio] = 3.36 and 4.00, respectively), as well as in Tuiararé, Ngojwere, Capivara, Diauarum, and Pavuru villages (OR = 8.10, 4.10, 4.88, 1.85, and 1.40, respectively). CONCLUSIONS: H. pylori infection is highly prevalent in these communities, as well as intestinal parasitoses. However, there were significant differences in the prevalence of H. pylori among the diverse villages studied. Giardia was closely associated with H. pylori infection.

OBJETIVO: Avaliar a prevalência da infecção por Helicobacter pylori e sua associação com parasitoses intestinais em crianças da comunidade indígena do Parque Indígena do Xingu. MÉTODOS: Foram incluídas 245 crianças indígenas entre 2 e 9 anos, de seis aldeias da região do rio Xingu, afluente do Amazonas. H. pylori foi detectado pelo teste respiratório com ureia-13C. Foram coletadas amostras de ar expirado, em jejum e 30 minutos após a ingestão de 50 mg de ureia-13C diluída em 100 mL de água aromatizada com suco de maracujá. Foram coletadas amostras de fezes de 202/245 (82,4%) crianças para exame protoparasitológico. RESULTADOS: A prevalência do H. pylori foi de 73,5%. Foi observada associação significativa do H. pylori com maior idade entre as diferentes aldeias e etnias. Resultaram positivas para a presença de parasitas 97,5% (198/202) das amostras de fezes, sem associação com a infecção por H. pylori. Encontrou-se, na análise multivariada, uma relação entre a infecção por giárdia e o H. pylori. As etnias Kisêjê [odds ratio (OR) = 3,36] e Kaibi (OR = 4,00), e as aldeias Tuiararé (OR = 8,10), Ngojwere (OR = 4,10), Capivara (OR = 4,88), Diauarum (OR = 1,85) e Pavuru (OR = 1,40) foram fatores de risco para a infecção por H. pylori. CONCLUSÕES: Foi encontrada alta prevalência de H. pylori e de parasitose intestinal em crianças nas comunidades presentemente investigadas. No entanto, houve diferença significativa na prevalência do H. pylori entre as diversas aldeias estudadas. Verificou-se associação entre a presença de giárdia e a infecção por H. pylori.
Palavra-chave Epidemiology
prevalence
Helicobacter pylori
giardia
Epidemiologia
prevalência
Helicobacter pylori
giárdia
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2011-10-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 87, n. 5, p. 393-398, 2011.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão 393-398
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572011000500005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000297041200005
SciELO S0021-75572011000500005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6630

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0021-75572011000500005.pdf
Tamanho: 225.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta