Mitose como fator prognóstico para biópsia de linfonodo sentinela em melanoma fino

Mitose como fator prognóstico para biópsia de linfonodo sentinela em melanoma fino

Título alternativo The importance of mitosis as a factor for predicting sentinel lymph node biopsy for thin melanoma
Autor Oliveira Filho, Renato Santos de Autor UNIFESP Google Scholar
Jorge, Mayra Calil Google Scholar
Oliveira, Daniel Arcuschin de Google Scholar
Oliveira, Renato Leão de Google Scholar
Queiroz, Maria do Carmo Assunção Google Scholar
Nahas, Fabio Xerfan Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Hospital Israelita Albert Einstein
Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Universidade Anhembi Morumbi
Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga
Laboratório LOCUS Laboratório de Anatomia Patológica
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo 23-year-old female patient, with superficial spreading melanoma (SSM) on the back, Breslow 0.35 mm, Clark II, without ulceration and with 2 mitosis/mm². Patient was submitted to margin enlargement and sentinel biopsy of 2 lymph nodes (left armpit). Histopathology revealed micrometastasis in the subcapsular sinus of both. Following the recommendation of the 2009 American Joint Committee on Cancer Melanoma Staging (AJCC), the patient underwent complete axillary lymphadenectomy. No other lymph nodes were metastatic. The clinical application of dermoscopy has enabled more accurate diagnosis of cutaneous melanoma, probably contributing to a greater proportion of thin melanomas at diagnosis. The mitotic rate was included as an important prognostic factor for thin melanomas by the AJCC, suggesting biopsy for these patients

Paciente, sexo feminino, 23 anos, com melanoma extensivo superficial em dorso, Breslow 0,35 mm, Clark II, sem ulcerações e com 2 mitoses / mm². Foi submetida à ampliação de margem e biópsia de dois linfonodos sentinela (axila esquerda). O exame anatomopatológico mostrou micrometástases, no seio subcapsular de ambos. Seguindo a recomendação do American Joint Commitee on Cancer 2009, a paciente foi submetida à linfadenectomia axilar total, sem outros linfonodos metastáticos. A aplicação da dermatoscopia vem permitindo maior precisão diagnóstica de melanoma cutâneo, contribuindo para maior proporção de melanoma fino ao diagnóstico. A taxa mitótica foi incluída como um importante fator prognóstico para melanomas finos pelo American Joint Commitee on Cancer 2009, sugerindo biópsia para esses pacientes
Palavra-chave Lymphatic metastasis
Melanoma
Mitosis
Neoplasms
Sentinel lymph node biopsy
Biópsia de linfonodo sentinela
Melanoma
Metástase linfática
Mitose
Neoplasias
Idioma Português
Data de publicação 2011-08-01
Publicado em Anais Brasileiros de Dermatologia. Sociedade Brasileira de Dermatologia, v. 86, n. 4, p. 107-109, 2011.
ISSN 0365-0596 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Dermatologia
Extensão 107-109
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000700028
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0365-05962011000700028 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6564

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0365-05962011000700028.pdf
Tamanho: 177.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta