Well-being and help-seeking: an exploratory study among final-year medical students

Well-being and help-seeking: an exploratory study among final-year medical students

Título alternativo Bem-estar e busca de ajuda: um estudo exploratório entre alunos de medicina ao final curso
Autor Leão, Paula Bertozzi de Oliveira e Sousa Google Scholar
Nogueira-Martins, Luiz Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Menezes, Paulo Rossi Google Scholar
Bellodi, Patrícia Lacerda Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: Doubts, competitiveness and preparation for the residency examination increase stress and insecurity at the end of medical course. Well-being is very important at this point, but it is known that medical students are reluctant to seek help, particularly for emotional problems. This study investigated the relationship among well-being, perceived needs and help-seeking in final-year students. METHODS: Well-being was assessed using Beck's Inventories of Anxiety (BAI) and Depression (BDI) and the WHOQOL-brief (quality of life). A questionnaire was used to assess perceived needs and medical school support resources. RESULTS: The students reported good quality of life (68%) but presented anxiety (27%), depression (20%) and impaired social functioning. Fifty-one percent of the students acknowledged academic needs and 25% psychological needs. Only a portion of the students with anxiety and depression or bad quality of life used the institutional support. Female gender, perceived psychological needs and anxiety symptoms were associated to the use of the Mental Health Service. Satisfaction with mentoring relationships and positive changes were associated to Mentoring attendance. CONCLUSION: There are different factors involved in help-seeking and identifying specificities in the use of institutional support resources can help to develop strategies to sensitize students about help-seeking during the medical course

OBJETIVO: Dúvidas, competição e o exame de residência aumentam o estresse e a insegurança ao final do curso; entretanto, sabe-se que alunos de Medicina são resistentes a procurar ajuda, especialmente para problemas emocionais. Este estudo investigou a relação entre bem-estar, percepção de necessidades e busca de ajuda entre alunos do último ano do curso médico. MÉTODOS: Utilizou-se os Inventários Beck (ansiedade e depressão), o WHOQOL-breve (qualidade de vida) e um questionário para avaliar necessidades e o uso dos recursos de suporte institucionais. RESULTADOS: Os alunos relataram boa qualidade de vida (68%), mas apresentaram sintomas de ansiedade (27%), depressão (20%) e prejuízo na vida social. Cinquenta e um porcento deles reconheceram necessidades acadêmicas e 25% necessidades psicológicas. Apenas parte dos alunos com sintomas de ansiedade e depressão, ou qualidade de vida ruim, usou os recursos institucionais de suporte. Ser mulher, reconhecer necessidades psicológicas e sintomas de ansiedade mostrou-se associado ao uso do Serviço de Saúde Mental da escola. Satisfação com as relações e mudanças positivas derivadas da atividade mostrou-se associada à participação na Tutoria. CONCLUSÃO: Há diferentes fatores envolvidos na busca de ajuda e identificá-los pode colaborar no desenvolvimento de estratégias de sensibilização dos alunos quanto à busca de ajuda durante o curso
Palavra-chave Adaptation, psychological
students, medical
anxiety
depression
quality of life
Adaptação psicológica
estudantes de medicina
ansiedade
depressão
qualidade de vida
Idioma Inglês
Data de publicação 2011-08-01
Publicado em LEÃO, Paula Bertozzi de Oliveira e Sousa et al . Well-being and help-seeking: an exploratory study among final-year medical students. Rev. Assoc. Med. Bras., São Paulo , v. 57, n. 4, p. 379-386, ago. 2011
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 379-386
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302011000400009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000293862100008
SciELO S0104-42302011000400009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6557

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42302011000400009.pdf
Tamanho: 296.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta