A experiência de vulnerabilidade da família da criança hospitalizada em Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos

A experiência de vulnerabilidade da família da criança hospitalizada em Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos

Título alternativo The vulnerability experienced by the family of children hospitalized in a pediatric intensive care unit
La experiencia de vulnerabilidad de la familia del niño hospitalizado en Unidad de Cuidados Intensivos Pediátricos
Autor Côa, Thatiana Fernanda Autor UNIFESP Google Scholar
Pettengill, Myriam Aparecida Mandetta Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The objective of this study was to understand the vulnerability experienced by the family of children hospitalized in a Pediatric Intensive Care Unit (PICU). The Symbolic Interactionism and the Concept of Family Vulnerability were the frameworks used to understand this experience. Qualitative Content Analysis was used. Data was collected through interviews and observation with 11 families of children hospitalized in a PICU of a university hospital in São Paulo. Six analytical categories regarding the family experience emerged. The categories were compared to the conceptual categories of Family and Vulnerability, and revealed the elements that defined the concept within this context. The child's hospitalization in a PICU triggers intense suffering within the family, as it refers to the possibility of losing their child. Thus, the power and the autonomy of the family in relation to their child are reduced, intensifying the feeling of vulnerability.

El estudio busca comprender la experiencia de vulnerabilidad de la familia del niño internado en Unidad de Cuidados Intensivos Pediátricos (UCIP). Se utilizaron el Interaccionismo Simbólico y el Concepto de Vulnerabilidad de la Familia como fundamentos para la comprensión de la experiencia. El Análisis Cualitativo de Contenido se utilizó como referencial metodológico. Los datos se recogieron mediante entrevistas y observación con 11 familias de niños hospitalizados en UCIP de hospital universitario de municipio de San Pablo. Emergieron seis categorías analíticas de experiencia familiar que, al ser comparadas las categorías conceptuales de Vulnerabilidad de la Familia, revelan los elementos que definen el concepto en tal contexto. Para la familia, la internación de un hijo en UCIP desencadena sufrimiento intenso, pues remite a la posibilidad de una pérdida definitiva. De tal modo, el poder y loa autonomía familiar en relación al hijo se ven disminuidas, intensificando el sentimiento de vulnerabilidad.

Este estudo buscou compreender a experiência de vulnerabilidade da família da criança internada em Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos (UCIP). O Interacionismo Simbólico e o Conceito de Vulnerabilidade da Família foram utilizados como fundamentação para a compreensão dessa experiência. A Análise Qualitativa de Conteúdo foi o referencial metodológico aplicado. Os dados foram coletados por meio de entrevista e observação com 11 famílias de crianças hospitalizadas em uma UCIP de um hospital universitário, do Município de São Paulo. Emergiram seis categorias analíticas da experiência da família que, ao serem comparadas às categorias conceituais da Vulnerabilidade da Família, revelam os elementos definidores do conceito nesse contexto. Para a família, a internação de um filho em UCIP desencadeia sofrimento intenso, pois remete a possibilidade de uma perda definitiva. Assim, o poder e a autonomia da família em relação ao filho são diminuídos, intensificando o sentimento de vulnerabilidade.
Palavra-chave Family
Child
hospitalized
Family nursing
Intensive Care Units
Pediatric
Família
Criança hospitalizada
Enfermagem familiar
Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica
Idioma Português
Data de publicação 2011-08-01
Publicado em COA, Thatiana Fernanda e PETTENGILL, Myriam Aparecida Mandetta. A experiência de vulnerabilidade da família da criança hospitalizada em Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.4, pp.825-832
ISSN 0080-6234 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Extensão 825-832
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000400005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000294442100005
SciELO S0080-62342011000400005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6547

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0080-62342011000400005.pdf
Tamanho: 323.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0080-62342011000400005-pt.pdf
Tamanho: 373.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta