Gravidade do transtorno fonológico, consciência fonológica e praxia articulatória em pré-escolares

Gravidade do transtorno fonológico, consciência fonológica e praxia articulatória em pré-escolares

Título alternativo Severity of phonological disorder, phonological awareness and articulatory praxis in preschoolers
Autor Souza, Thaís Nobre Uchôa Autor UNIFESP Google Scholar
Ávila, Clara Regina Brandão de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas Faculdade de Fonoaudiologia de Alagoas
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To characterize the phonological disorder regarding severity, phonological awareness and articulatory praxis, and to investigate the existence of correlations among these variables in a group of preschoolers. METHODS: Participants were 56 preschoolers of both genders with ages between 4 years and 6 years and 11 months, split into Research Group (RG) and Comparison Group (CG), according to the presence or absence of speech alterations. The following tests were carried out: Child Language Assessment - ABFW: Phonology; Phonological Awareness: Instrument of Sequential Assessment - CONFIAS; and Articulatory and Buccofacial Praxis Assessment Protocol. The Percentage of Correct Consonants - PCC was calculated to classify the severity of the phonological disorder. Data were statistically analyzed. RESULTS: The preschoolers with phonological disorder performed worse in phonological awareness and articulatory praxis tasks when compared to CG subjects. The severity was correlated with phonological awareness and articulatory praxis, and the latest was correlated with phonological awareness in these preschoolers. Both groups showed correlation between total phonological awareness, phonological awareness at syllable level and phonological awareness at phoneme level. CONCLUSION: The RG was characterized by worse performance in phonological awareness and articulatory praxis, and by the presence of correlation between severity of the disorder, phonological awareness and articulatory praxis.

OBJETIVO: Caracterizar o transtorno fonológico quanto à gravidade, consciência fonológica e praxia articulatória e investigar a existência de correlações entre essas variáveis, em um grupo de pré-escolares. MÉTODOS: Participaram 56 pré-escolares entre 4 anos e 6 anos e 11 meses, meninos e meninas, separados em Grupo Pesquisa (GP) e Grupo de Comparação (GC), respectivamente à presença ou ausência de alterações de fala. Foram aplicados: Teste de Linguagem Infantil ABFW: Fonologia; Consciência Fonológica: Instrumento de Avaliação Sequencial - CONFIAS; e o Protocolo de Avaliação das Praxias Articulatórias e Buco-faciais. Realizou-se o cálculo da Porcentagem de Consoantes Corretas - PCC para classificar a gravidade do transtorno fonológico. Os dados receberam análise estatística. RESULTADOS: Os pré-escolares com transtorno apresentaram desempenho inferior em tarefas de consciência fonológica e praxia articulatória quando comparados aos do GC. A gravidade correlacionou-se com consciência fonológica e praxia articulatória e esta com consciência fonológica nesses pré-escolares. Ambos os grupos mostraram correlação entre consciência fonológica total, consciência fonológica de sílaba e de fonema. CONCLUSÃO: O GP caracterizou-se pelo pior desempenho em consciência fonológica e praxia articulatória e pela presença de correlação entre a gravidade do transtorno, a consciência fonológica e a praxia articulatória.
Palavra-chave Speech disorders
Preschool
Evaluation
Severity of illness index
Articulation disorders
Distúrbios da fala
Pré-escolar
Avaliação
Índice de gravidade da doença
Transtornos da articulação
Idioma Português
Data de publicação 2011-06-01
Publicado em Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 16, n. 2, p. 182-188, 2011.
ISSN 1516-8034 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 182-188
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342011000200012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-80342011000200012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6524

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-80342011000200012.pdf
Tamanho: 179.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta