Clomiphene fails to revert hypogonadism in most male patients with conventionally treated nonfunctioning pituitary adenomas

Clomiphene fails to revert hypogonadism in most male patients with conventionally treated nonfunctioning pituitary adenomas

Título alternativo Clomifeno não reverte o hipogonadismo na maioria dos homens com adenomas pituitários não funcionais tratados de forma convencional
Autor Ribeiro, Rogerio Silicani Autor UNIFESP Google Scholar
Abucham, Julio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJETIVE: To evaluate the effect of clomiphene in men with hypogonadism and conventionally treated nonfunctioning pituitary adenomas (NFPA). PATIENTS AND METHODS: Open label, single-arm, prospective trial. Nine hypogonadal men (testosterone < 300 ng/dL and low/normal LH) with previously treated NFPA. Clomiphene (50 mg/day orally) for 12 weeks. Testosterone, estradiol, LH, FSH, prolactin and erectile function were evaluated before and after 10 days, 4, 8 and 12 weeks of clomiphene treatment. RESULTS: After clomiphene treatment, testosterone and erectile function improved in only one patient. In the remaining eight patients, testosterone levels decreased whereas LH, FSH, and estradiol remained unchanged. Insulin sensitivity increased in unresponsive patients. CONCLUSIONS: Compared with hypogonadal men with prolactinomas under dopaminergic therapy, clomiphene treatment failed to restore normal testosterone levels in most patients with conventionally treated NFPA.

OBJETIVO: Avaliar o efeito do clomifeno em homens com hipogonadismo e adenoma hipofisário não funcionante (NFPA) previamente tratados. PACIENTES E MÉTODOS: Aberto, braço único, prospectivo. Nove homens hipogonádicos (testosterona < 300 ng/dL e LH normal/baixo) com NFPA previamente tratados. Clomifeno (50 mg/dia oral) por 12 semanas. Testosterona, estradiol, LH, FSH, prolactina e função erétil foram avaliados antes e após 10 dias, 4, 8 e 12 semanas de clomifeno. RESULTADOS: Após clomifeno, a testosterona e a função erétil melhoraram em um paciente. Em outros oito pacientes, os níveis de testosterona reduziram enquanto os níveis de LH, FSH, e estradiol permaneceram inalterados. A sensibilidade à insulina aumentou nos não respondedores. CONCLUSÕES: Em contraste com homens hipogonádicos com prolactinomas tratados com agonistas dopaminérgicos, a maioria dos hipogonádicos com NFPA falha em restaurar os níveis de testosterona durante o uso de clomifeno.
Palavra-chave Nonfunctioning pituitary adenoma
hypogonadotropic hypogonadism
clomiphene
testosterone
Adenoma hipofisário não funcionante
hipogonadismo hipogonadotrófico
clomifeno
testosterona
Idioma Inglês
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2011-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 55, n. 4, p. 266-271, 2011.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 266-271
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302011000400005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000292937900005
SciELO S0004-27302011000400005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6515

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302011000400005.pdf
Tamanho: 111.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta