Versão abreviada do WISC-III: correlação entre QI estimado e QI total em crianças brasileiras

Versão abreviada do WISC-III: correlação entre QI estimado e QI total em crianças brasileiras

Título alternativo Abbreviated version of the WISC-III: correlation between estimated IQ and global IQ of brazilian children
Autor Mello, Claudia Berlim de Autor UNIFESP Google Scholar
Argollo, Nayara Autor UNIFESP Google Scholar
Shayer, Beatriz Pires Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Abreu, Neander Google Scholar
Godinho, Kátya Google Scholar
Durán, Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Vargem, Fernanda Autor UNIFESP Google Scholar
Muszkat, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Miranda, Mônica Carolina Autor UNIFESP Google Scholar
Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal da Bahia
Faculdade Ruy Barbosa
Resumo In order to calculate the correlation between the Estimated IQ and the Full Scale IQ of children submitted to the WISC III, four different data banks with a total of 207 children were integrated: (1) typically developing children, (2) children diagnosed as having Attention Deficit/ Hyperactivity Disorder, (3) children identified by private clinics as having learning disabilities (4) children with neurological sequelae diagnosed by a public university outpatient treatment program. Results suggest that the Estimated IQ, which is based on the weighted sum of the subtest scores of Cubes and Vocabulary, may be used in the presence of time constraints, when intellectual performance is important for screening in research procedures, and as a reference within a broader neuropsychological evaluation.

Com o objetivo de correlacionar o QI Estimado com o QI Total, quatro bancos de dados do WISC III de 207 crianças foram associados: 1) crianças com desenvolvimento típico; 2) crianças com diagnóstico do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade; 3) crianças referenciadas por dificuldades de aprendizagem em consultório particular; e 4) crianças com sequela neurológica avaliadas em ambulatório universitário. Os dados do QI total foram correlacionados aos do QI estimado, correspondentes à soma dos pontos ponderados dos subtestes Vocabulário e Cubos. Os resultados sugerem que o QI Estimado pode ser adotado quando há restrição de tempo e quando o desempenho intelectual está sendo usado como triagem em pesquisa, ou como ponto de referência dentro de uma avaliação neuropsicológica.
Palavra-chave Children
WISC III
Estimated IQ
Full Scale IQ
crianças
WISC III
QI estimado
QI Total
Idioma Português
Data de publicação 2011-06-01
Publicado em Psicologia: Teoria e Pesquisa. Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, v. 27, n. 2, p. 149-155, 2011.
ISSN 0102-3772 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Extensão 149-155
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722011000200002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-37722011000200002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6502

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-37722011000200002.pdf
Tamanho: 411.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta