Atividades físicas e barreiras referidas por adolescentes atendidos num serviço de saúde

Atividades físicas e barreiras referidas por adolescentes atendidos num serviço de saúde

Título alternativo Physical activities and barriers reported by adolescents attending a health service
Autor Garcia, Leandro Martin Totaro Autor UNIFESP Google Scholar
Fisberg, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This study characterized the physical activity and barriers reported by adolescents attending the Physical Education service of the Adolescent Care and Support Center, São Paulo, Brazil. An exploratory study was conducted using anamnesis data from 118 adolescents aged 10 to 19 years seen between April 2005 and June 2008. The following aspects were analyzed according to gender and age group: participation in leisure-time physical activities and physical education classes, physical activity preferences, and barriers to preferred physical activity. Data are reported as frequencies and were compared by Fisher's exact test. Enjoying physical activities was reported by 93.2% of the adolescents, whereas 50.8% did not perform any physical activity during their leisure time. The lack of participation in school physical education classes predominated among older adolescents of both genders. Games and team games were the preferred activities, irrespective of gender or age. The lack of company or friends and the lack of places were the most frequently reported barriers to preferred physical activity. The results highlight the importance of a health service program for adolescents that promotes, guides, and supports a more active lifestyle.

O estudo caracterizou a atividade física e as barreiras referidas dos adolescentes atendidos pelo Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente (São Paulo/SP), em seu ambulatório de Educação Física. Trata-se de um estudo exploratório, com dados das anamneses de 118 adolescentes com idade de 10 a 19 anos, atendidos entre abril de 2005 e junho de 2008. Analisaram-se, segundo gênero e faixa etária: participação em atividades físicas de lazer e na Educação Física escolar, atividades físicas preferidas e barreiras para a prática da atividade física preferida. Descreveram-se os dados por meio de frequências, comparadas por meio do Teste Exato de Fisher. Relataram gostar de atividades físicas 93,2% dos adolescentes, mas 50,8% não praticavam atividades físicas no lazer. Houve maior número de relatos de não participação na Educação Física escolar entre os adolescentes mais velhos, em ambos os gêneros. Brincadeiras e jogos coletivos foram as atividades preferidas, independentemente de gênero e idade. Falta de suporte social ou ambiental foi o motivo mais importante para não praticar a atividade física preferida. Os resultados sustentam a importância de um serviço para adolescentes que promova, oriente e suporte um estilo de vida mais ativo.
Palavra-chave Adolescent health services
Physical activity
Serviços de saúde para adolescentes
Atividade física
Idioma Português
Data de publicação 2011-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano. Universidade Federal de Santa Catarina, v. 13, n. 3, p. 163-169, 2011.
ISSN 1980-0037 (Sherpa/Romeo)
Publicador Universidade Federal de Santa Catarina
Extensão 163-169
Fonte http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2011v13n3p163
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1980-00372011000300001 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6487

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1980-00372011000300001.pdf
Tamanho: 169.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta