Erros de medicação em pediatria

Erros de medicação em pediatria

Título alternativo Medication errors in pediatrics
Errores de medicación en pediatría
Autor Belela, Aline Santa Cruz Autor UNIFESP Google Scholar
Pedreira, Mavilde da Luz Gonçalves Autor UNIFESP Google Scholar
Peterlini, Maria Angélica Sorgini Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Concerns regarding patient safety affect healthcare, and medication errors are the most frequent category of medical errors and linked with severe consequences. This study discusses epidemiologic characteristics of medication errors in pediatric patients and points out prevention strategies. Approximately 8% of the studies on the subject of medication errors identified in different national and international databases are distinctively related to the pediatric population. Children are vulnerable to medication errors due to intrinsic factors, such as proper anatomic and physiological characteristics; and due to extrinsic factors, with emphasis on the lack of public health politics and changes in the pharmaceutical industry to attend children's needs. The available evidences indicate, as imperative, the implementation of strategies to prevent medication errors, contributing to promote patient safety.

La seguridad del paciente es un problema de salud pública y los errores con medicamentos son los más frecuentes y más graves. Este artículo describe características epidemiológicas de errores de medicación en áreas de atención pediátrica y algunas estrategias de prevención. Aproximadamente 8% de las investigaciones sobre errores de medicación identificadas en las bases de datos nacionales e internacionales se refieren específicamente a niños. Los niños tienen mayor vulnerabilidad a la ocurrencia de errores debidos a factores intrínsecos, con destaque para características anatómicas y fisiológicas, e extrínsecos, en particular con respecto a falta de políticas sanitarias y de la industria farmacéutica orientada a la atención de tales características. Evidencias muestran la necesidad de aplicar estrategias para prevenir errores de medicación, promoviendo la seguridad del paciente.

A segurança do paciente constitui problema de saúde pública, e erros com medicamentos são os mais freqüentes e graves. O artigo apresenta características epidemiológicas dos erros de medicação em diferentes áreas de atendimento pediátrico, e aponta estratégias de prevenção. Aproximadamente 8% das pesquisas sobre erros de medicação identificadas em bases de dados nacionais e internacionais referem-se à população pediátrica. Crianças apresentam maior vulnerabilidade à ocorrência de erros devido a fatores intrínsecos, destacando-se características anatômicas e fisiológicas; e extrínsecos, relativos à falta de políticas de saúde e da indústria farmacêutica voltadas ao atendimento de tais especificidades. As evidências apontam para a necessidade de implementação de estratégias de prevenção de erros de medicação, contribuindo para promover a segurança do paciente.
Assunto Medication errors
Pediatric
Safety
Quality of Health Care
Erros de medicação
Pediatria
Segurança
Qualidade da Assistência à Saúde
Idioma Português
Data 2011-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 64, n. 3, p. 563-569, 2011.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 563-569
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672011000300022
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672011000300022 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6462

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-71672011000300022.pdf
Tamanho: 144.8Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)