The effectiveness of a non-pharmacological intervention for weight gain management in severe mental disorders: results from a national multicentric study

The effectiveness of a non-pharmacological intervention for weight gain management in severe mental disorders: results from a national multicentric study

Título alternativo Efetividade de uma intervenção não farmacológica para manejo do ganho de peso em pacientes com transtornos mentais graves: resultados de um estudo multicêntrico
Autor Attux, Cecília Autor UNIFESP Google Scholar
Martini, Larissa Campagna Autor UNIFESP Google Scholar
Araújo, Célia Maria de Autor UNIFESP Google Scholar
Roma, Ana Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Reis, André Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Bressan, Rodrigo Affonseca Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of a non-pharmacological intervention for weight gain management in severe mental disorders. METHOD: An open, multicentre interventional study was conducted in 93 mental health services. Patients concerned with weight gain were included in this study and received a 12-week 1-hour group intervention focused on nutrition counseling, lifestyle, physical activity and self-esteem. Weight, waist circumference and blood pressure were measured before and after the intervention. RESULTS: 1,071 patients were enrolled in the study, and 73.9% completed the 12-week intervention. Significant weight loss (Mean difference: 0.41, CI 95%: 0.18 to 0.64, p = 0.001) and a significant BMI reduction (Mean difference: 0.13, CI 95%: 0.04 to 0.22, p = 0.006) were observed. During the intervention 37 (4.4%) patients lost > 7% of their initial weight, 780 (92.5%) maintained their weight, and 26 (3.1%) of the patients had a meaningful weight gain (> 7%). There was a significant increase in the proportion of patients undertaking physical activity after the intervention (70.8%, p < 0.001). CONCLUSION: In this 3-month open study we found a small weight and waist reduction, and increased physical activity practice, suggesting a trend towards anthropometric profile improvement. However, further randomized-controlled trials are necessary to evaluate the efficacy and clinical relevance of this psychosocial intervention for weight gain.

OBJETIVO: Avaliar a efetividade de uma intervenção não farmacológica no manejo do ganho de peso para pacientes com transtornos mentais graves. MÉTODO: Foi realizado um estudo aberto multicêntrico longitudinal em 93 serviços de saúde. Pacientes preocupados com o peso foram incluídos e participaram de uma intervenção em grupo de uma hora de duração durante 12 semanas com foco em educação alimentar, atividade física e autoestima. Peso, circunferência da cintura e pressão arterial foram avaliados antes e após a intervenção. RESULTADOS: 1071 pacientes foram incluídos no estudo, 73,9% completaram a intervenção. Foram observados diminuição de peso e índice de massa corporal significativos (peso: diferença da média: 0,41, IC 95%: 0,18-0,64, p = 0,001; índice de massa corporal: diferença da média: 0,13, IC 95%: 0,04-0,22, p = 0,006). Após a intervenção, 37 (4,4%) pacientes perderam mais que 7% do peso inicial, 780 (92,5%) mantiveram o peso e 26 (3,1%) dos pacientes apresentaram ganho de peso acima de 7%. Houve aumento da proporção de pacientes que praticavam atividade física (70,8%, p < 0,001). CONCLUSÃO: Encontramos uma pequena redução de peso e cinturae aumento de atividade física, sugerindo uma tendência à melhora no perfil antropométrico. Ensaios clínicos controlados e randomizados são necessários para avaliar a eficácia e a relevância clínica dessa intervenção.
Palavra-chave Weight gain
Mental disorders
Motor activity
Schizophrenia
Antipsychotic agents
Ganho de peso
Transtornos mentais
Atividade física
Esquizofrenia
Agentes antipsicóticos
Idioma Inglês
Data de publicação 2011-06-01
Publicado em ATTUX, Cecília et al . The effectiveness of a non-pharmacological intervention for weight gain management in severe mental disorders: results from a national multicentric study. Rev. Bras. Psiquiatr., São Paulo , v. 33, n. 2, p. 117-121, jun. 2011
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão 117-121
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462011000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000293652800005
SciELO S1516-44462011000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6458

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-44462011000200005.pdf
Tamanho: 991.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta