Diarreia persistente: ainda um importante desafio para o pediatra

Diarreia persistente: ainda um importante desafio para o pediatra

Título alternativo Persistent diarrhea: still an important challenge for the pediatrician
Autor Andrade, Jacy Alves Braga de Autor UNIFESP Google Scholar
Fagundes-Neto, Ulysses Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To provide recent guidelines to reduce the incidence of diarrheal diseases. We discuss the definition, clinical aspects, pathophysiology, diagnosis, management, and prevention of persistent diarrhea. SOURCES: Electronic search of the MEDLINE database, Google search. SUMMARY OF THE FINDINGS: Acute diarrhea may be caused by a variety of agents, including bacterial, viral, and protozoan pathogens. The top priority in treatment of diarrhea is replacement of fluid and electrolytes losses, particularly at the acute stage, and, under certain circumstances, eradication of the enteropathogenic agent. On the other hand, treatment of persistent diarrhea should focus on prevention and management of food intolerance and malnutrition. CONCLUSIONS: Promotion of breastfeeding, adequate interventions in the treatment of acute diarrheal episodes, introduction of safe dietary strategies for prevention of malnutrition, and improvements in sanitation and hygiene conditions, including sewage and clean water, are essential measures for the reduction of diarrheal morbidity and mortality rates in children under 5 years of age.

OBJETIVO: Fornecer as diretrizes mais recentes de diminuição da incidência da doença diarreica, abordando os aspectos clínicos, a etiologia, a fisiopatologia, o diagnóstico, o manejo terapêutico e a profilaxia da diarreia persistente. FONTES DOS DADOS: Busca eletrônica de dados recentes na base de dados MEDLINE, e também usando a ferramenta Google. SÍNTESE DOS DADOS: Existem vários possíveis agentes etiológicos envolvidos, incluindo vírus, bactérias e parasitas. O tratamento deve ser voltado para a dieta, além da reposição das perdas hidroeletrolíticas, especialmente durante a fase aguda da diarreia, para evitar seu prolongamento. Na grande maioria dos episódios, os antimicrobianos não estão indicados. Por outro lado, o tratamento da diarreia persistente deve ser reforçado no sentido de evitar as intolerâncias alimentares e a desnutrição. CONCLUSÕES: O estímulo ao aleitamento materno, a introdução de estratégias alimentares seguras no sentido de evitar a desnutrição proteico-calórica, a abordagem adequada do episódio agudo e a melhoria das condições sanitárias e de higiene são medidas a serem estimuladas com o objetivo de diminuir a morbimortalidade pela doença diarreica em crianças menores de 5 anos de idade ao redor do mundo.
Palavra-chave Malnutrition
morbidity
mortality
diarrhea
food hypersensitivity
breastfeeding
Desnutrição
morbidade
mortalidade
diarreia
hipersensibilidade alimentar
aleitamento materno
Idioma Português
Data de publicação 2011-06-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 87, n. 3, p. 199-205, 2011.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão 199-205
Fonte http://dx.doi.org/10.2223/JPED.2087
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000292405300004
SciELO S0021-75572011000300004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6454

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0021-75572011000300004.pdf
Tamanho: 240.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta