Efeitos da administração diária da associação estavudina/nelfinavir sobre os fetos e placentas da rata albina

Efeitos da administração diária da associação estavudina/nelfinavir sobre os fetos e placentas da rata albina

Título alternativo Effects of daily administration of a stavudine/nelfinavir association on the fetuses and placentas of female albino rats
Autor Carvalho, Gisela Maria Vieira Rodrigues De Autor UNIFESP Google Scholar
Nakamura, Mary Uchiyama Autor UNIFESP Google Scholar
Simões, Ricardo Santos Google Scholar
Antonio, Eliana Maria Restum Autor UNIFESP Google Scholar
Wagngner, Adriana Autor UNIFESP Google Scholar
Fontes, Tereza Maria Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Kulay Júnior, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo PURPOSE: to evaluate the effect of administration of a stavudine/nelfinavir combination on the rat pregnancy by assessing maternal and concepts weights, as well as the number of implantations, fetuses, placentas, resorptions and maternal and fetal mortality. METHODS: forty adult pregnant Wistar rats of the EPM-1 strain were randomly divided into four groups: control (GCtrl - drug vehicle control, n=10), and three experimental groups, which were treated with an oral solution of stavudine/nelfinavir (ExpI - 1/40 mg/kg b.w., n=10; ExpII - 3/120 mg/kg b.w., n=10; ExpIII - 9/360 mg/kg b.w., n=10) from day 0 to the 20th day of pregnancy. Maternal body weights were determined at the start of the experiment and on the 7th, 14th and the 20th day thereafter. At term (20th day) the rats were anesthetized and, upon laparotomy and hysterotomy, the number of implantations, resorptions, living fetuses, placentae and intrauterine deaths were recorded. The collected fetuses and placentae were weighed and the concepts were examined under a stereomicroscope for possible external malformations. Statistical analysis was performed by analysis of variance (ANOVA) complemented by the Kruskal-Wallis test (p<0.05). RESULTS: there was a progressive and gradual increase in body weight during the course of pregnancy in all groups, which was more evident in the final period, but with no significant difference between groups. The mean number of fetuses, placentas, implantations, and fetal and placental weights showed no significant differences between groups. Also, no resorptions or external malformations were found in the experimental groups. However, between the 8th and 14th days of gestation, there was one case of maternal mortality in each experimental group. CONCLUSIONS: the administration of a stavudine/nelfinavir combination had no deleterious effects on the concepts.

OBJETIVO: avaliar o efeito da administração da associação estavudina/nelfinavir durante toda a prenhez da rata, avaliando seu peso e dos conceptos, bem como o número de implantações, fetos, placentas, reabsorções e mortalidades materna e fetal. MÉTODOS: quarenta ratas albinas EPM-1 Wistar, prenhes, foram aleatoriamente divididas em quatro grupos: GCtrl (controle do veículo) e três experimentais, ExpI, ExpII e ExpIII, que receberam, respectivamente, 1/40, 3/120 e 9/360 mg/kg por dia de estavudina/nelfinavir por via oral. As drogas e o veículo (água destilada) foram administrados por gavagem em duas tomadas diárias (12/12 horas), desde o dia 0 até o 20º dia da prenhez. No último dia do experimento, todos os animais foram anestesiados e eutanasiados. Foram avaliados a evolução do peso materno no 7º, 14º e 20º dias, número de fetos, placentas, implantações, reabsorções, óbitos intrauterinos, malformações maiores e o peso dos fetos e das placentas. A análise estatística foi realizada por análise de variância (ANOVA), complementada pelo teste de Kruskal-Wallis (p<0,05). RESULTADOS: em relação ao peso corporal das ratas, houve ganho gradual e progressivo durante o decorrer da prenhez em todos os grupos, sendo este ganho mais evidente no período final; porém não foram constatadas diferenças estatisticamente significantes entre eles. O número de fetos, placentas, implantações, assim como os pesos fetais e placentários também não mostraram diferenças estatisticamente significantes entre os grupos analisados. Não foram observadas, também nos grupos experimentais, reabsorções e malformações fetais maiores externas, no entanto, observamos entre o 8º e o 14º dias de gestação um caso de morte materna em cada grupo experimental. CONCLUSÕES: a administração da associação estavudina/nelfinavir não mostrou efeitos deletérios sobre os conceptos.
Palavra-chave Stavudine
Nelfinavir
Anti-retroviral agents
Rats
Pregnancy
animal
Estavudina
Nelfinavir
Anti-retrovirais
Ratos
Prenhez
Idioma Português
Data de publicação 2011-05-01
Publicado em Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, v. 33, n. 5, p. 225-230, 2011.
ISSN 0100-7203 (Sherpa/Romeo)
Publicador Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Extensão 225-230
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032011000500004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-72032011000500004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6438

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-72032011000500004.pdf
Tamanho: 320.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta