Velocidade usual da marcha em brasileiros de meia idade e idosos

Velocidade usual da marcha em brasileiros de meia idade e idosos

Título alternativo Usual gait speed assessment in middle-aged and elderly Brazilian subjects
Autor Novaes, Rômulo Dias Google Scholar
Miranda, Aline Silva de Google Scholar
Dourado, Victor Zuniga Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Viçosa
Universidade Federal de Minas Gerais
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVES: To evaluate the usual gait speed of asymptomatic adult and elderly Brazilians with a 10-meter walk test and to compare the results with foreign reference values. METHODS: Seventy-nine asymptomatic volunteers >40 years old of both genders were assessed. After anamnesis, anthropometry and the application of a habitual physical activity questionnaire, the volunteers were submitted to a 10-meter walk test at usual speed by means of which gait speed, the number of steps and length of stride were calculated. RESULTS: Except for age, all study variables were significantly lower in women. Subjects >70 years old presented a significantly lower gait speed than subjects between 40 and 49 years old and between 50 and 59 in both men (1.09±0.18 m/s, 1.35±0.11 m/s and 1.34±0.22 m/s, respectively) and women (1.02±0,10 m/s, 1.27±0.20 m/s and 1.27±0,15 m/s), respectively). Gait speed showed moderate correlations with age (r=-0.41, p<0.001) and height (r=0.35, p=0.001). After multiple regression analysis, age and gender were selected as relevant attributes of gait speed in that they explained 24.6% of this variable. The gait speed values in this study were significantly lower than foreign reference values (p<0.05). CONCLUSIONS: The gait speed presented age-related decline and values significantly lower than those described for foreign populations. This finding indicates the need for comprehensive investigation of gait speed reference values for the Brazilian population.

OBJETIVOS: Avaliar a velocidade usual da marcha (VM) por meio de teste de caminhada de 10 m (TC10m) em adultos e idosos assintomáticos brasileiros e compará-la com os valores de referência estrangeiros. MÉTODOS: Setenta e nove voluntários assintomáticos com idade >40 anos, de ambos os gêneros, foram avaliados. Após anamnese, antropometria e questionário de atividade física habitual, os voluntários foram submetidos ao TC10m em velocidade usual. Por meio do tempo de teste, a VM, o número e comprimento dos passos e das passadas foram calculados. RESULTADOS: Com exceção da idade, todas as variáveis estudadas foram significativamente inferiores para as mulheres. Os indivíduos com idade >70 anos apresentaram VM significativamente inferior aos indivíduos entre 40 e 49 anos e entre 50 e 59 anos nos homens (1,09±0,18 m/s, 1,35±0,11 m/s e 1,34±0,22 m/s, respectivamente) e nas mulheres (1,02±0,10 m/s, 1,27±0,20 m/s e 1,27±0,15 m/s, respectivamente). A VM apresentou correlações moderadas com a idade (r=-0,41, p<0,001) e com a estatura (r=0,35, p=0,001). Após análise de regressão múltipla, idade e gênero foram selecionados como atributos determinantes da VM, explicando 24,6% dessa variável. Os valores da VM encontrados foram significativamente inferiores aos valores de referência estrangeiros (p<0,05). CONCLUSÕES: A VM apresentou declínio com o avançar da idade e valores significativamente inferiores àqueles descritos para populações estrangeiras. Esse achado indica a necessidade de ampla investigação dos valores de referências da VM para a população brasileira.
Palavra-chave gait kinematics
gait speed
10-meter walk test
cinemática da marcha
velocidade da marcha
teste de caminhada de 10m
Idioma Inglês
Data de publicação 2011-04-01
Publicado em NOVAES, Rômulo Dias; MIRANDA, Aline Silva de; DOURADO, Victor Zuniga. Velocidade usual da marcha em brasileiros de meia idade e idosos. Rev. bras. fisioter., São Carlos , v. 15, n. 2, p. 117-122, abr. 2011
ISSN 1413-3555 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia
Extensão 117-122
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552011000200006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000292278100006
SciELO S1413-35552011000200006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6418

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-35552011000200006.pdf
Tamanho: 325.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1413-35552011000200006-pt.pdf
Tamanho: 404.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta