Caudal septoplasty: efficacy of a surgical technique-preliminnary report

Caudal septoplasty: efficacy of a surgical technique-preliminnary report

Título alternativo Septoplastia caudal - eficácia de uma técnica cirúrgica: resultados preliminares
Autor Garcia, Leonardo Bomediano Sousa Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Pedro Wey de Autor UNIFESP Google Scholar
Vidigal, Tatiana de Aguiar Autor UNIFESP Google Scholar
Suguri, Vinícius Magalhães Autor UNIFESP Google Scholar
Santos, Rodrigo de Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Gregório, Luiz Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Although not being the most frequent nasal septal deviations, those of the caudal septum account for many complaints. The correction of such defects has always been the subject of much controversy, and several different operative techniques have been described. AIM: To assess the efficacy of a surgical technique for correcting caudal septal deviations. MATERIALS AND METHODS: Prospective study with preliminary reports of 10 patients who answered a standardized, specific questionnaire (the Nasal Obstruction Symptom Evaluation, or NOSE), underwent acoustic rhinometry and had their noses photographed. Caudal deviations were then corrected through a surgical technique whereby the entire deviated portion is removed and a straight cartilage segment is placed between the medial crura of the alar cartilages, through a retrograde approach, to support the nasal tip. Sixty days after all patients were reassessed. RESULTS: As for the NOSE questionnaire, mean pre-operative and post-operative scores were 82.39 and 7.39 respectively (p<0.001). Pre-operative acoustic rhinometry showed mean minimum cross-sectional area (MCA) values of 0.352 and 0.431 cm2, whereas mean post-operative values were 0.657 and 0.711 cm2(p<0.0001). CONCLUSIONS: The study results prove, both subjectively (patient satisfaction as measured with a standardized questionnaire) and objectively (acoustic rhinometry findings), that the proposed technique for correction of caudal septal deviation is safe and effective.

Os desvios situados na parte caudal do septo nasal, apesar de não serem os mais frequentes, são causadores de muitas queixas, e sua correção sempre gerou muitas controvérsias. OBJETIVO: Avaliar, com resultados preliminares, a eficácia de uma técnica cirúrgica para correção dos desvios caudais do septo nasal. MATERIAL E MÉTODO: Ensaio Clínico prospectivo com 10 pacientes que responderam a um questionário padronizado - Nasal Obstruction Symptom Evaluation (NOSE) -, foram submetidos ao exame de Rinometria Acústica e fotografados. Tiveram, então, os desvios caudais corrigidos cirurgicamente por uma técnica na qual toda a porção do desvio é retirada e uma parte sem desvios da cartilagem é recolocada entre as cruras mediais das cartilagens alares por via retrógrada para a sustentação da ponta nasal. Apos 60 dias os pacientes foram reavaliados. RESULTADOS: Quanto ao Questionário NOSE a média dos valores pré-operatórios foi de 82,39 e a média no pós-operatório foi de 7,39 (p < 0,001). Quanto aos resultados da Rinometria Acústica a média dos valores da área de secção transversa mínima ou MCA no pré-operatório foi de 0,352 e 0,431cm2. No pós-operatório a média dos valores foi de 0,657 e 0,711 cm2,(p < 0,0001). CONCLUSÕES: Apesar de serem ainda resultados iniciais, estes mostram que a técnica apresentada para correção dos desvios caudais do septo nasal é eficaz.
Palavra-chave nasal cartilages
questionnaires
rhinometry, acoustic
nasal septum
prospective studies
cartilagens nasais
estudos prospectivos
questionários
rinometria acústica
septo nasal
Idioma Inglês
Data de publicação 2011-04-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 77, n. 2, p. 178-184, 2011.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 178-184
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1808-86942011000200007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000293578500007
SciELO S1808-86942011000200007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6401

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1808-86942011000200007-pt.pdf
Tamanho: 322.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1808-86942011000200007-pt.pdf
Tamanho: 322.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta