The paradox of age: an analysis of responses by aging Brazilians to International Affective Picture System (IAPS)

The paradox of age: an analysis of responses by aging Brazilians to International Affective Picture System (IAPS)

Título alternativo Paradoxo etário: uma análise feita por idosos brasileiros sobre o International Affective Picture System(IAPS)
Autor Pôrto, Weyler Galvão Google Scholar
Bertolucci, Paulo Henrique Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Associação Portuguesa de Beneficência de São Paulo Geriatric Medicine Nucleus
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To explore the possible differences in subjective analysis of the emotional stimuli from the International Affective Picture System between elderly and young samples. METHOD: 187 elderly subjects ranked the International Affective Picture System images according to the directions from the Manual of Affective Ratings. Their scores were compared to those obtained from International Affective Picture System studies with young people. RESULT: There is an age-related difference in arousal and valence in the International Affective Picture System rating. The correlation between affective valence and arousal is strong, and negative for the elderly. The expected versus the observed frequency of International Affective Picture System images between elderly and young samples show a statistical difference. CONCLUSION: This study shows an inter-age statistical dichotomy in how elderly and young people subjectively evaluate International Affective Picture System images.

OBJETIVO: Explorar as possíveis diferenças nas avaliações subjetivas dos estímulos emocionais do International Affective Picture System entre idosos e jovens. MÉTODO: 187 indivíduos idosos avaliaram as imagens do International Affective Picture System de acordo com o Manual de Aplicação do Teste. Os escores obtidos pelos idosos foram então comparados com os escores obtidos da normatização do International Affective Picture System para jovens. RESULTADOS: Há diferença nos níveis de alerta e valência afetiva entre idosos e jovens. Há uma forte e negativa correlação entre valência afetiva e nível de alerta na amostra estudada. As frequências esperadas versus observadas das imagens do International Affective Picture System entre idosos e jovens mostram diferenças estatísticas. CONCLUSÃO: Este estudo mostra uma diferença interetária na avaliação de imagens do International Affective Picture System.
Palavra-chave Evaluation
Aged
Young adult
Individuality
Imagery
Avaliação
Idoso
Adulto Jovem
Individualidade
Imagens
Idioma Inglês
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (AFIP)
Novartis
Janssen
Data de publicação 2011-03-01
Publicado em Revista Brasileira de Psiquiatria. Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, v. 33, n. 1, p. 10-15, 2011.
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão 10-15
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462010005000015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000289741400006
SciELO S1516-44462011000100005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6368

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-44462011000100005.pdf
Tamanho: 680.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta