Efeitos da estimulação da fluência de leitura com ênfase na prosódia

Efeitos da estimulação da fluência de leitura com ênfase na prosódia

Título alternativo Effects of reading fluency stimulation with emphasis on prosody
Autor Pinto, Joana Cecilia Baptista Ramalho Autor UNIFESP Google Scholar
Navas, Ana Luiza Gomes Pinto Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa de São Paulo Faculdade de Ciências Médicas
Resumo PURPOSE: To characterize the reading ability of children with five years of education according to temporal standards, as well as to compare the reading fluency performance of these children before and after a reading program based on prosody standards. METHODS: Thirty two fourth-grade children participated in this study. They performed reading aloud and picture description tasks in order to verify reading rate, speech rate, text comprehension and the adequacy of prosody variation. Afterwards, it was carried out a reading stimulation program with emphasis on prosody, composed of five 15-minute sessions of reading tasks. At the end of the program, children were re-assessed, in order verify their performance after stimulation. RESULTS: Changes were observed in reading rate, number of words misread, and quality of prosody during the reading task. CONCLUSIONS: The reading program promoted positive changes in reading fluency measures

OBJETIVO: Caracterizar a leitura de crianças com cinco anos de escolaridade segundo os parâmetros temporais, e comparar o desempenho da fluência de leitura pré e pós-estimulação de leitura por meio de programa baseado em padrões de prosódia. MÉTODOS: Participaram 32 crianças do 5º ano do Ensino Fundamental I. As crianças realizaram leituras de textos e descrição de uma figura. Foram observados: taxa de leitura, velocidade de fala, compreensão de textos e adequação da variação da prosódia durante a leitura. Em seguida, foi aplicado o programa de estimulação de leitura com ênfase na prosódia, composto por cinco sessões de 15 minutos cada, com tarefas de leitura. Ao final do programa, foi realizado o mesmo procedimento de avaliação, a fim de se verificar o desempenho pós-estimulação. RESULTADOS: Houve modificações quanto às médias da taxa de leitura, ao número de palavras lidas de forma incorreta e à qualidade da prosódia realizada durante a atividade de leitura. CONCLUSÃO: O programa de estimulação promoveu modificações positivas nas medidas de fluência de leitura
Palavra-chave Reading
Child development
Language development
Mental processes
Comprehension
Leitura
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento de linguagem
Processos mentais
Compreensão
Idioma Português
Data de publicação 2011-03-01
Publicado em Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 23, n. 1, p. 21-26, 2011.
ISSN 2179-6491 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 21-26
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912011000100007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2179-64912011000100007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6366

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2179-64912011000100007.pdf
Tamanho: 311.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta