Ovarian activity before and after gonadal suppression by GnRH-a in patients with polycystic ovary syndrome, hyperandrogenism, hyperinsulinism and acanthosis nigricans

Ovarian activity before and after gonadal suppression by GnRH-a in patients with polycystic ovary syndrome, hyperandrogenism, hyperinsulinism and acanthosis nigricans

Título alternativo Atividade ovariana antes e após supressão gonadal por GnRH-a em pacientes com síndrome dos ovários policísticos, hiperandrogenismo, hiperinsulinismo e acantose nigricante
Autor Motta, Eduardo Leme Alves da Autor UNIFESP Google Scholar
Baracat, Edmund Chada Autor UNIFESP Google Scholar
Haidar, Mauro Abi Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, I. Autor UNIFESP Google Scholar
Lima, Geraldo Rodrigues de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To investigate the ovarian activity before and after gonadal suppression with GnRH-analog in patients with PCO, hyperandrogenism, hyperinsulinism and acanthosis nigricans. DESIGN: Controlled clinical study. SETTING: Tertiary academic medical center. PATIENTS: Six patients with clinical findings of PCO, hirsutism and acanthosis nigricans. INTERVENTIONS: Morning blood samples in the follicular phase to determine the steroid levels, glucose and insulin curve, comparing to a control group. Administration for 2 consecutive months of a GnRH-analog, comparing, in the study group, the free testosterone levels before and after ovarian suppression. MAIN OUTCOME MEASURE: Determination of insulin levels in PCO, hirsutism and acanthotic patients and the free-testosterone levels before and after gonadal suppression. RESULTS: Insulin levels were significantly higher in the study group when compared to normal women during the glycemic test. We also found a significant decrease in the free-testosterone levels after 2 months of gonadal suppression with GnRH-analog when compared to the initial time. CONCLUSIONS: Patients with PCO, hirsutism and acanthosis nigricans present high levels of insulin, suggesting an ovarian hyperesponsiveness, which is not sustained when gonadotrophic blockage was achieved.

OBJETIVO: Investigar a atividade ovariana antes e após a supressão gonadal com análogo de GnRH em pacientes com síndrome dos ovários policísticos (SOP), hiperandrogenismo, hiperinsulinismo e acantose nigricante. DESENHO: Estudo clínico prospectivo. LOCAL: Centro médico-acadêmico nível terciário. PACIENTES: Seis pacientes com sinais clínicos de SOP, hirsutismo e acantose nigricante. INTERVENÇÕES: Colheita de amostras sanguíneas matinais na fase folicular para determinar os valores séricos de esteróides, curva glicêmica e insulínica, comparando esta última à do grupo controle. Administração por dois meses consecutivos de análogo de GnRH, comparando, nas pacientes do grupo de estudo, os níveis séricos de testosterona livre antes e após a supressão gonadal. PRINCIPAIS DETERMINAÇÕES: Determinação dos níveis séricos de insulina nas pacientes com SOP, hirsutismo e acantose nigricans e avaliar os níveis de testosterona livre antes e após supressão gonadal. RESULTADOS: Os níveis de insulina foram significativamente maiores nas pacientes do grupo de estudo, quando comparados a mulheres normais, durante a curva glicêmica. Também encontramos uma significativa queda nos valores de testosterona livre, após dois meses de supressão gonadal com analógo de GnRH, quando confrontados ao tempo inicial. CONCLUSÕES: Pacientes com SOP, hirsutismo e acantose nigricante apresentam altos níves séricos de insulina, sugerindo uma hiperativação ovariana por este peptídeo, que, entretanto, não é mantida se promovermos o bloqueio gonadotrófico.
Palavra-chave PCO2
Hyperandrogenism
Insulin restance
Ovarian suppression
SOP
Hiperandrogenismo
Resistência insulínica
Supressão ovariana
Idioma Inglês
Data de publicação 1998-06-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 44, n. 2, p. 94-98, 1998.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 94-98
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42301998000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42301998000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/636

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42301998000200005.pdf
Tamanho: 42.95KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta