Anatomia angiográfica do sistema venoso coronário. Aplicações em eletrofisiologia clínica

Anatomia angiográfica do sistema venoso coronário. Aplicações em eletrofisiologia clínica

Título alternativo Angiography of the coronary venous system. Usefulness in clinical cardiac electrophysiology
Autor Melo, Wesley Duílio S. Autor UNIFESP Google Scholar
Prudencio, Luis A. Renjel Autor UNIFESP Google Scholar
Kusnir, Cássia E. Autor UNIFESP Google Scholar
Pereira, Ana Lucia N. Autor UNIFESP Google Scholar
Marques, Vera Autor UNIFESP Google Scholar
Vieira, Magno César Autor UNIFESP Google Scholar
De Paola, Angelo Amato Vincenzo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To study the angiographic anatomy of human coronary veins and the possibility of epicardial venous mapping through microelectrode catheters. METHODS: We evaluated 30 patients with sustained ventricular tachycardia using a catheter which provided occlusion of the coronary sinus ostium during venous angiography. They were 25 males, 5 females, ages ranging from 24 to 76 years (mean=52.7). The veins were studied according to their number, caliber and distribution in the anterior and posterior wall of the left ventricle. RESULTS: Coronary sinus was catheterized in all patients. No discomfort or complications were observed. The number of veins from posterior wall of the left ventricle was 3.1 and anterior wall, 1.9, p<0.05. The caliber of the coronary veins were: anterior interventricular vein (distal segment = 1.19±0.22mm, midle segment = 1.65±0.35mm), posterior interventricular vein (distal segment = 1.83±0.47mm, midle segment = 2.00±0.52mm), left posterior vein (distal segment = 1.45±0.25mm, midle segment = 2.49±0.92mm); p<0.05. CONCLUSION: The balloon occlusion technique for coronary venous angiography is feasible and safe. The number and the caliber (distal and midle) of the veins from the posterior wall of the left ventricle were significantly greater than those from the anterior wall. Anatomic conditions for venous epicardial mapping are more adequate in the posterior wall of the left ventricle.

OBJETIVO: Avaliar as possibilidades diagnósticas e terapêuticas, através de microcateteres introduzidos nas veias do coração, em estudo angiográfico da circulação venosa coronária. MÉTODOS: Foram realizadas venografias superseletivas do coração em 30 portadores de taquicardia ventricular sustentada, utilizando-se cateter específico que providenciava a oclusão temporária do óstio do seio coronário. A idade média foi de 52,7 (variação de 24 a 76) anos, sendo 25 do sexo masculino e cinco do feminino. As veias foram analisadas de acordo com o número, calibre e distribuição nas paredes anterior e posterior do ventrículo esquerdo (VE). RESULTADOS: O seio coronário foi cateterizado em todos os pacientes, não havendo desconforto adicional ou complicações em nenhum caso. O número de veias da parede posterior do ventrículo esquerdo foi 3,1 e na parede anterior, 1,9 p<0,05. Calibres das veias coronárias observados: veia interventricular anterior (segmento distal = 1,19±0,22mm, segmento médio = 1,65±0,35mm); veia interventricular posterior (segmento distal = 1,83±0,47mm, segmento médio = 2,00±0,52mm); veia posterior do VE (segmento distal = 1,45±0,25mm, segmento médio = 2,49±0,92mm); p<0,05. CONCLUSÃO: A técnica de oclusão para o estudo das veias coronárias é exeqüível e segura. O número e o calibre (segmentos médio e distal) das veias da parede posterior do VE são significantemente maiores do que da parede anterior, sugerindo que condições anatômicas para o mapeamento elétrico epicárdico, através das veias coronárias, são mais adequadas na parede posterior do VE.
Palavra-chave coronary angiography
vein
ventricular tachycardia
angiografia coronária
veia
taquicardia ventricular
Idioma Português
Data de publicação 1998-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 70, n. 6, p. 409-413, 1998.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 409-413
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X1998000600006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0066-782X1998000600006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/635

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0066-782X1998000600006.pdf
Tamanho: 193.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta